Regras de referência de um projeto colaborativo

Judo Magazine | 4 de maio 2020

O projeto de comunicação Judo Magazine é um projeto de comunicação colaborativa. Trata-se de olhar para as dinâmicas e para os processos de comunicação relacionados com a modalidade judo de forma aberta e plural.

O critério da qualidade não pode aqui ser beliscado e há plena convicção que a própria diversidade reforça a noção de qualidade.

Apesar da disponibilidade existente para que um número muito alargado de participantes dêem corpo e alma ao projeto, o esforço para assegurar as bases de uma qualidade exigível deve estar sempre presente.

Trata-se desta forma de uma coligação para um Judo Magazine inovador, de elevada qualidade que, ao dar voz a todos os protagonistas, internos e externos da modalidade, surgirá como mais um trunfo para a afirmação do judo na sociedade portuguesa.

As regras de referência da publicação podem resumir-se ao seguinte:

JM é uma publicação online com uma estrutura e uma dinâmica de produção de conteúdos baseada no conceito de revista de informação, de crítica, de pesquisa e de reflexão sobre temas desportivos focados na modalidade JUDO. A sua perspetiva central é o judo para todos.

JM responde a uma necessidade, que é também uma expectativa, da existência de uma revista que dê voz aos diversos protagonistas da modalidade. 

JM é uma publicação online de atualidade que procura rasgar horizontes para uma modalidade que desde a sua fundação estabeleceu vários princípios de comportamento e ação, cujo aprofundamento se coloca de forma sistemática e permanente,

A JM é plural nas suas ideias, conteúdos e colaboradores. Conta com colaborações permanentes que dignificam o judo como modalidade que se pensa e que faz pensar a partir da ação.

JM  tem em conta as diversas componentes de uma modalidade que tem raízes sólidas e que procura evoluir permanentemente e em consequência aborda as vertentes institucional, desportiva, técnica, local e os diversos projetos que alimentam a sua dinâmica com os atletas, os clubes e todos os amigos do judo.

JM a par da sua estrutura de base que assegura o funcionamento corrente alimenta e apoia o Clube de Voluntários RJ – Repórter Judo que assegura a vertente comunicacional de baixo para cima e marcadamente colaborativa e cidadã.

JM rege-se pelos princípios deontológicos e pela ética profissional
do jornalismo garantindo uma atitude de respeito e integridade perante os leitores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *