No 4Judo Project, judo combina com coesão social

©JM | 12 maio 2020

Visita aos projetos e clubes que foram certificados com a Bandeira da Ética CR|JM

A associação possui um banco de judogis para que todos possam praticar judo, independentemente, das possibilidades financeiras de cada um. Para os dinamizadores do projeto ajudar o próximo e, sobretudo, os mais desfavorecidos, de forma consciente e responsável, torna-se uma prioridade que toma forma, por exemplo, na angariação de produtos alimentares e de higiene, de roupa e de brinquedos na altura do Natal durante algumas das atividades.

O 4judo Project tem o seu espaço de expressão e de expansão no distrito de Aveiro. Anda por aldeias e terras do Baixo Vouga como uma formiguinha que labuta pacientemente e colhe o fruto do seu trabalho através de pequenas vitórias que vai conquistando dia após dia. O que o faz mover é por um lado uma relação umbilical ao judo, modalidade de paixão dos seus promotores e por outro os princípios e valores que extravasam o território das relações interpessoais e invadem o tatami de forma coerentemente organizada.

Importância dos pais e encarregados de educação

Nuno Vieira, principal dinamizador do projeto, é categórico ao afirmar que “atribuímos um papel determinante à presença dos pais e encarregados de educação, familiares e amigos nos convívios que realizamos com regularidade. Fomentamos ainda a veiculação dos princípios éticos desportivos inerentes com o intuito de complementar o trabalho executado pela nossa equipa técnica”.

Atividade desportiva ímpar

A Associação 4Judo Project é uma associação sem fins lucrativos que nasceu a 29 de dezembro de 2015. As suas origens são, como nos é adiantado, anteriores à data de fundação “durante o ano letivo de 2013/ 2014, o 4JUDO nasceu, cresceu e tornou-se num projeto ambicioso, com o objetivo único de promover o Judo, enquanto atividade desportiva ímpar, no seio da sociedade e, mais especificamente, no âmbito escolar”.

Comunicar é preciso

O projeto procura ganhar eco e estabelece uma ligação muito forte entre a prática e a ética desportiva. Nessa base tem vindo a seduzir novos atletas e a influenciar mentes e comportamentos. A comunicação não é desprezada e a divulgação como desporto olímpico foi notícia em vários jornais do distrito de Aveiro, num blogue aveirense e no site e Facebook do projeto.

Pisar o tapete

Esta forma de promover o judo fez com que imensas pessoas já tivessem pisado o tapete, até à data. Nuno Vieira adianta “abrangemos uma série de agrupamentos de escolas, clubes, ATL, campos de férias, eventos desportivos e workshops. Temos tido muita recetividade no que às atividades diz respeito, culminando na criação e na reativação de alguns núcleos, na angariação de atletas para clubes já existentes no distrito de Aveiro e na oportunidade única de mostrar os benefícios que conseguimos obter através do judo”.

Parcerias

Atualmente, o 4judo Project conta com diversas parcerias, conduzindo o código moral e  ético (honra, amizade, cortesia, respeito, coragem, sinceridade, autocontrolo) a vários pontos do distrito, nomeadamente, a Escola Básica Integrada de Eixo, a Casa do Povo de Esgueira, a Casa da Cruz (Esgueira), as Florinhas do Vouga (Aveiro,; Escola Secundária Dr. Serafim Leite (S. João da Madeira); Centro Paroquial da Palhaça, a ADREP (Associação Desportiva, Recreativa e Educativa da Palhaça) e o Colégio D. José I (Aveiro). Este conjunto de entidades e locais abrange um território com uma extensão máxima de mais de 40 quilómetros, de norte a sul do distrito, proporcionando a prática desportiva regular a 185 atletas, com especial incidência nos escalões de formação.

Para além destas parcerias, existem outras institucionais nomeadamente com  a Junta de Freguesia de Esgueira, a Junta de Freguesia Eixo-Eirol, o Feedback Institute, a Junta de Freguesia da Palhaça e a Associação de Melhoramento de Eixo,

Entreajuda e solidariedade

Segundo Nuno Vieira o 4Judo Project “promove, igualmente, atividades pedagógicas, culturais, recreativas e de lazer, tais como competições, torneios, treinos em conjunto, estágios, campos de verão, sensibilizações acerca da higiene ou do bullying e o contacto com outras atividades, com o objetivo de formar cidadãos mais completos e autênticos. Algumas destas iniciativas visam a recolha de bens para famílias carenciadas, estimulando um espírito de entreajuda e solidariedade, contribuindo para as ações associadas à erradicação da pobreza e da exclusão social”.

Judo a custo zero

Através da parceria com a Associação de Melhoramentos de Eixo, o 4JUDO assegura a prática desportiva a alunos oriundos de famílias desfavorecidas a custo zero. O objetivo é atenuar as diferenças sociais e aceitar o próximo pelo seu desempenho e não pelo seu status.

Algumas iniciativas que também dão força e dinâmica ao projeto:

  • iniciativa de uma sessão fotográfica, em que os Judocas do 4JUDO mostraram o cartão vermelho ao bullying;
  • um vídeo de apresentação da nossa mascote, o Toshi promovendo valores como a amizade e o respeito;
  • o 4JUDOCAMP
  • vídeos com mensagens de apoio aos atletas olímpicos, valorizando o próximo
  • caderneta de bom comportamento que é carimbada no final de cada aula.

Finalizando, podemos destacar as crenças que marcam o projeto nos seguintes termos “o nível de coesão de uma sociedade encontra-se diretamente relacionado com os índices de confiança entre as pessoas. A noção de grupo faz do 4JUDO uma segunda família. Os sentimentos como a amizade são nutridos em atividades extra, tais como padlle, praia, piscina ou almoços-convívios com as famílias dos judocas. Este sentimento de pertença ao grupo gera uma consciência coletiva ímpar. A educação para a cidadania promove valores sociais e culturais e, consequentemente, coesão social”. 

Baseado em 4Judo Project | ©Fotos e Vídeos uJudoProject

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *