Memorial para novos astronautas

@JudoMagazine | 24 de maio 2020

“Eu queria ser astronauta, o meu país não deixou. Oh meu anjo da guarda faz-me voltar a sonhar. Faz-me ser astronauta e VOAR”, canção dos Xutos e Pontapés.

O Tiago Alves continua diariamente a inspirar milhares de jovens, com destaque para os judocas, para que estes não desistam dos seus sonhos. E, no 9 de maio de 2020, dia do X Memorial, o incentivo surgiu com uma intensidade redobrada porque o forte sentimento de comunidade, que costuma dar-lhe um sentido peculiar, saiu reforçado com a decisão da secção de judo da Associação Académica de Coimbra de organizar uma Mega Aula de judo online.

Adiar, nem pensar

À primeira vista seria impossível organizar o X Memorial devido às restrições impostas pela COVID-19 e pelas orientações das autoridades. O adiamento, para melhor ocasião, surgia como inevitável. Mas a história acabou por ser outra. Realizou-se, com força e dinamismo e Tiago Alves foi devidamente homenageado.

Combatividade e persistência

Recordar anualmente o Tiago com um torneio de judo vai ao encontro de algumas das  facetas mais marcantes do atleta falecido de forma totalmente inesperada em 2010, a combatividade e a persistência no plano desportivo e competitivo. Todos os anos o Torneio ocorre num misto de evento desportivo e de realização solidária com a finalidade de valorizar os princípios éticos e morais que o judoca conimbricense defendeu e praticou.

Foto do 1º Torneio – 2010 |©AAC-Judo

Mega aula

Mas 2020 ficará para a História como o ano de um Memorial Tiago Alves sui generis. Uma Mega Aula, realizada online, com uma participação entusiasta de atletas e treinadores e que foi antecedida pelo abraço “do tamanho do mundo” enviado pela Margarida e pelo Horácio, pais do atleta homenageado.

O ciclista e o judoca

Filipe Rosa, responsável pela secção de judo da AAC anunciou num vídeo a iniciativa, que tradicionalmente integra as festividades da Queima das Fitas, apelando aos participantes que aceitassem o convite de VOAR, ou seja de irem ao encontro dos respetivos sonhos e serem combativos e persistentes na procura daquilo que é verdadeiramente importante para cada um em particular. Filipe Rosa ofereceu ao Tiago em março 2010 o livro sobre Lance Amstrong, o ciclista americano que venceu sete vezes o Tour de France e que teve que ultrapassar duras provas no seu percurso de vida pessoal e profissional. A publicação que se tornou num best-seller sobre os temas da profundidade de caráter e do sentido de generosidade na vida, ainda hoje levam o dirigente do judo na AAC a interrogar-se sobre a coincidência dramática da oferta já que desconhecia o estado de saúde do Tiago naquela ocasião.

Amizade e homenagem

Margarida e Horácio recordaram que a AAC era o “clube do coração” do Tiago e, foram precisamente os corações de dezenas de atletas academistas que transformaram esta Mega Aula de 9 de maio 2020 num ato de amizade sentida e de homenagem a um jovem inesquecível para todos.

©fotos AAC-judo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *