BANDEIRA DA ÉTICA | Os valores são uma construção social

JUDO Magazine | 5 de outubro 2020 | MARINHA GRANDE | Bandeira da Ética | Carlos Ribeiro | O judo vai incorporando novos elementos na seu corpo identitário. Vai beneficiando das interações sociais que uma dinâmica mais aberta às comunidades lhe vai proporcionando. Vai fazendo o seu caminho. Mas importa sinalizá-lo vai amadurecendo e ganhando asas para ser futuro e abandonando elementos dúbios da sua génese que podem cautelosa e respeitosamente ser remetidas para o passado.

Quando falamos de códigos morais e de formas de estar na vida corremos o risco de entrar no campo da prescrição e consequentemente nos domínios complexos do controlo social. É verdade que algumas referências que acompanham a modalidade como mente sã em corpo são, serviram para arregimentar milhões de jovens para percursos desportivas e sociais menos interessantes. Coloquemos pois essas lógicas de lado e avancemos para áreas de convergência mais substanciais como é o caso da inclusão social e da participação associada ao viver juntos. Se o judo apoiar jovens, adultos, pessoas nos territórios a serem mais felizes a conquistarem um espaço na sociedade que lhes é negado, então já estamos a enriquecer a modalidade em algo de útil com repercussões na coesão social.

Vem isto a propósito dos conceitos associados à Bandeira da Ética que vão trilhando novas aplicações aqui valorizadas pelo Agrupamento de Escolas Marinha Grande Poente que foi galardoado com esse importante símbolo e que nos deu a conhecer as suas abordagens específicas nos seguintes termos:

O que diz o PNED?

“O desporto justifica a sua existência na sociedade por consubstanciar-se numa ferramenta educativa, formativa e de desenvolvimento e empreendedorismo pessoal e social de uma riqueza extraordinária. No desporto e pelo desporto acreditamos ser capazes de construir um mundo melhor para nós e para as gerações futuras. O desporto implica um diálogo estruturado intersectorial, intergovernamental, intergeracional de uma transversalidade e multidisciplinaridade que o transformam num dos mais prestimosos recursos sociais, educativos e profilático.” PNED-Plano Nacional de Ética no Desporto.

Valores

Uma escola assente na construção de uma aprendizagem de valores, de cidadania ativa e participativa, de par tilha, de entreajuda, de projetos, de interação com o território, de comprometimento, uma escola capaz de gerar aprendizagem através de um currículo oculto onde se valoriza o Desporto Escolar como um meio de promoção da ética desportiva junto da comunidade educativa foi o mote lançado para esta importante candidatura.

Participação de todos

O Projeto premiado enquadra-se no desenvolvimento de Judo Adaptado no âmbito do Desporto Escolar do Agrupamento de Escolas Marinha Grande Poente. No Projeto Educativo do Agrupamento de Escolas Marinha Grande Poente elencámos como objetivo “contribuir para o reforço do dinamismo e da participação dos alunos, e suas famílias, pessoal docente, pessoal não docente e comunidade em geral para, em conjunto, sermos capazes de responder aos desafios que a sociedade nos coloca, numa perspetiva integradora, de respeito pela individualidade, numa escola de todos e para todos, democrática, inclusiva e socialmente mais justa” referiu na ocasião o Professor Cesário Silva, Diretor  do Agrupamento de Escolas Marinha Grande Poente.

Desporto escolar

Por sua vez, o Professor João Teixeira, coordenador do Desporto Escolar do Agrupamento e responsável pela candidatura vitoriosa, acrescentou, “neste âmbito e numa perspetiva de comprometimento da comunidade educativa e do nosso território a ação no Projeto Desporto Escolar (DE) assume-se de forma interatuante como uma área transversal da educação com impacto em diversos pilares. Estamos convictos que o desenvolvimento das ações enquadradas no Desporto Escolar são um elemento de primazia na promoção da saúde, na inclusão e integração social, na promoção do desporto, no desenvolvimento de valores de ética e de respeito, no envolvimento com as famílias, no desenvolvimento do voluntariado e no combate ao insucesso e abandono escolar. As ações preconizadas neste projeto, agora reconhecido pelo Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P. (IPDJ, I.P.), através do Plano Nacional de Ética no Desporto (PNED),  permitem uma forte e dinâmica prática, partilhada e comprometida, traduzindo-se numa atitude e num comportamento, num modo de estar em sociedade que tem como referência os direitos humanos, nomeadamente os valores da igualdade, da democracia e da justiça social. O desporto escolar e este projeto de Judo Adaptado,  proporcionam também o desenvolvimento de cidadãos (alunos, pais e comunidade) responsáveis, autónomos, solidários, que conhecem e exercem os seus direitos e deveres em diálogo e no respeito pelos outros, com espírito democrático, pluralista, crítico e criativo”.

Vem aí o (A)judo

“No nosso Projeto do Desporto Escolar”, adiantou ainda o treinador de judo e professor, “desenvolvemos em observância dois projetos complementares, devidamente enquadrados no quadro legal do DE, o Desporto Escolar Territórios ( Judo4all / Judo adaptado) e o Desporto Escolar + (Judo4ever / judo + 65 anos). Paralelamente, temos preparado um novo  projeto denominado A(judo) , com alunos enquadrados Decreto-Lei n.º 54/2018 – nomeadamente com alunos autistas. São projetos de ação, interinstitucionais e intergeracionais que permitem potenciar a Dimensão funcional (dos participantes relacionados com o desenvolvimento de atividade física com os nossos alunos do Desporto Escolar e os alunos da universidade sénior e utentes da APPACDM da Marinha Grande através da prática do Judo). Estas ações potenciam a equidade e inclusão, enfatizando indubitavelmente uma Dimensão social, possibilitando à comunidade educativa a participação no projeto, articulado com diferentes instituições, famílias e voluntários”.

Bandeira da Ética

O galardão da Bandeira da Ética, que será entregue ao Agrupamento no próximo dia 14 de outubro no Instituto Português da Juventude,  baseia-se  na certificação e promoção dos valores éticos no desporto.

Fonte. Agrupamento de Escolas Marinha Grande Poente Fotos ©JCMG

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *