CLUBE-RJ | Judo contribui para a paz interior e quotidiana

JUDO Magazine | 25 de outubro | CLUBE – RJ | PAZ | A Ana Vale pertence ao CLUBE-RJ, é Jovem Repórter do Judo e escreve para a JUDO Magazine sobre paz. O ponto de partida radica no projeto europeu que ela nos apresenta. Mas a Ana não nos quer envolver com objetivos, atividades, avaliações do projeto. Ela quer falar-nos ao coração e afirmar de forma simples, mas também apaixonante, que “este desporto relaciona-se, fortemente, com o sentimento sereno da paz”.

por Ana Vale

O clube ao participar num projeto internacional sobre a paz, The Peace Crane Project, fez me refletir, a paz no judo.

O judo não é apenas uma arte de combate ligada às vertentes físicas e técnicas dos atletas. Este desporto relaciona-se, fortemente, com o sentimento sereno da paz. A tranquilidade e equilíbrio corporal desenvolvem-se, lado a lado, com a evolução desportiva.

Os valores do judo

Os valores, por outro lado, que o judo tão bem transmite repercutem-se na vida de todos os praticantes, conduzindo-os a um crescimento pessoal rico e a um percurso social harmonioso. O respeito, a honra, a coragem e a amizade são alguns dos grandes ideais que vivem sob o olhar atento desta modalidade.

Tendo por base a minha experiência, consigo afirmar, vivamente, o encontro da paz no judo. Nós crescemos a lidar com diferentes carácteres, diversas ambições futuras e divergentes opiniões, e por isso, sentimos a relevância dos valores, da aceitação do próximo e do companheirismo.

O dojo e a vida exterior

No judo, vivemos o verdadeiro significado de paz, isso é certo.

No dojo, descarregamos as frustrações e soltamo-nos das preocupações vividas no mundo exterior.

Nos combates, igualamo-nos ao adversário, duas pessoas com a mesma ambição de vitória. Porém, tendo sempre em pensamento contínuo o que, de forma incrível, este desporto nos ensina.

Paz interior e quotidiana

E é assim que um desporto, que à primeira vista, aparenta ser, completamente, afastado da tranquilidade física, contribui de forma brilhante para a nossa paz interior e quotidiana.

Ana Vale, Clube Judo Brava | 2º kyu/ cinto azul

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *