LOCAL | Liderança de continuidade em Santarém para mandato até 2022

JUDO Magazine | 17 de dezembro 2020 | Local | Associação de Judo do Distrito de Santarém

Os novos corpos sociais recentemente eleitos assumem uma linha de continuidade no trabalho da AJDS a realizar no próximo mandato que termina em 2022. A estratégia sendo a mesma as intenções dos novos dirigentes surgem associadas a processos de melhoria e até de inovação. A formação e a participação qualificada nas competições surgem como pontos fundamentais da ação futura.

QUEREMOS TODOS E TODOS QUEREMOS MAIS E MELHOR JUDO

O quadro de prioridades foi divulgado no processo eleitoral e surge agora como um autêntico Plano de Ação que o Presidente António Manuel Pedroso Leal divulgou nos seguintes termos:

Sempre promovendo o judo e os nossos associados, clubes e os praticantes atletas, treinadores, árbitros e dirigentes e mantendo e intensificando as parcerias com os municípios, instituições de Ensino Superior e empresas privadas:

Judo social, adaptado e escolar

  • Dinamizar o Judo social, com a abrangência na área escolar e judo adaptado, participando e desenvolvendo projetos de inclusão social;
  • Ao nível da prática do Judo Adaptado, onde a AJDS foi também inovadora e impulsionadora, pretendemos dinamizar a sua prática, a qual consideramos de intervenção social;
  • O Judo Escolar mantém sempre a sua base de captação e divulgação da modalidade, pelo que através dos responsáveis desta Comissão, encontraremos as melhores condições para apoiar o seu increment.

Judo Competição

  • Candidatar e organizar provas internacionais de nível A (EJU / IJF) e nível B (Copas);
  • Dinamizar e intensificar a atividade de judo na área da competição, principalmente ao nível dos escalões de formação;
  • Instalar e gerir um centro de treino, garantindo a concentração regular para treino específico e formação dos judocas competidores;
  • Manter em crescendo a realização do Open Internacional Cadetes individual e de equipas;
  •  Realizar com regularidade anual um Open Juvenis, de nível internacional, como forma de dinamizar a área estratégica da competição.

Cooperação

  • Intensificar a parceria com a Federación Extremeña de Judo y DA, com vista à participação recíproca em Estágios, Competições e Formação;
  • Intensificar as parcerias internacionais com Espanha, Cabo Verde, Cuba e França, com vista à partilha de conhecimentos, assente no espírito do Judo;
  • Com a participação de todos os técnicos de judo e dos clubes associados, criar um modelo de interação no alcance do pretendido desenvolvimento técnico competitivo, adequado à nossa realidade;
  • Procuraremos obter apoios para os atletas no percurso e já no estatuto de Alto Rendimento;
  • A prática do Kata, ao nível da competição, é também uma conquista AJDS. Iremos intensificar a prática nesta área específica, quer através da parceria com a Federación Extremeña de Judo y DA, quer com a FPJ. Esta será uma área supervisionada pela Comissão de Graduações, a nomear pela Direção.

Formação e arbitragem

  • O setor de Arbitragem será gerido pelo Conselho de Arbitragem, órgão previsto no estatuto da AJDS a aprovar.  É nossa intenção, em conjunto com os árbitros, encontrar as melhores soluções para colocar os árbitros de Santarém, onde estes pretenderem. A nossa meta seria o nível internacional;
  • A Formação é um pilar importante na imagem da AJDS, onde se alterou profundamente o “Paradigma”. Iremos prosseguir com a instalação do IFJDA, pois pretendemos qualificar os nossos quadros que sustentam o desenvolvimento da modalidade no Distrito.

Administração

  • Ao nível da gestão administrativa, serão agilizados os procedimentos de inscrição/revalidação por forma aumentar a demografia, quer de praticantes quer dos professores, para que se possam graduar os praticantes;
  • Vamos concluir o processo de revisão dos estatutos da AJDS, já em curso.

E numa afirmação final,

Porque queremos mais e melhor judo para todos, estamos a renovar os nossos compromissos com todos vós, pois estamos certos de que todos juntos seremos mais fortes no quadro do judo nacional e internacional.

António Pedroso Leal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *