ALMA JUDOCA | A partida de Henri Courtine

JUDO MAGAZINE | 21 de fevereiro 2021 | Alma Judoca | Henri Courtine

Há nomes incontornáveis no judo internacional e Henri Courtine é um deles. Faleceu um grande campeão dos anos 50, um excelente treinador e diretor técnico que também foi o primeiro e único, até à data, 10º Dan francês.

Courtine esteve ligado à fase inicial do judo em França tendo estabelecido uma relação de grande proximidade e cumplicidade com Kawaishi, o japonês que teve um papel decisivo na implantação e disseminação da modalidade no hexágono.

Medalha de bronze nos Mundiais de Tóquio em 1958 e várias vezes Campeão da Europa e de França Courtine apresenta um palmarés desportivo invejável sendo no entanto na sua função de Diretor Técnico quer em França quer na Federação Internacional de Judo quer no Comité Nacional Olímpico que a sua marca adquiriu um destaque único nas questões pedagógicas e éticas.

H. Courtine no centro

Quem o conheceu pessoalmente valoriza acima de tudo a sua profunda humanidade e verticalidade.

Carlos Ribeiro | Coordenador Editorial

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *