Uma compensação para uma vida dedicada ao desporto

MUNDIAIS DE VETERANOS – LISBOA 2021 – Entrevista Flash José Samuel Freitas

Continuamos a ouvir os campeões do mundo. José Samuel Freitas não podia faltar a esta conversa de destaque daqueles que subiram ao mais alto lugar do pódio no Campeonato do Mundo de Veteranos. O telefone do treinador do Dojo da Misericórdia está a ser invadido por mensagens de felicitações. Os judocas seus alunos querem expressar de forma ativa o carinho muito especial que têm por ele.

“Estou muito feliz!” assim caracteriza José Samuel Freitas o seu estado de espírito. “Trabalhei com afinco e a medalha de ouro surge como uma compensação dos anos que dediquei ao desporto ao longo da minha vida. Confirmo que a minha relação com o judo não é só desportiva. Para mim é uma escola de vida. Por isso esta dedicação é refletida é voluntária” adianta José Freitas ao realizar um balanço sintético desta vitória e do primeiro lugar no pódio em Lisboa.

“Já tinha atingido um segundo lugar em França. Já não era mau. Mas a medalha de ouro em Lisboa foi uma conquista muito refletida. Ia muito concentrado e o meu foco era a vitória. O meu adversário ucraniano era muito forte mas eu concentrei-me no objetivo e acabei por vencer” concluiu o agora campeão do mundo de veteranos na categoria de -73kg.

Fotos ©IJF

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *