Paris, no horizonte vermelho

ALMA JUDOCA | Telma Monteiro

Telma Monteiro anunciou que vai manter a sua ligação ao Benfica até aos Jogos Olímpicos de Paris em 2024, o que significa que ambas as partes chegaram à conclusão que as possibilidades da judoca mais medalhada de sempre do judo nacional vai estar em condições de disputar lugares cimeiros no próximo encontro olímpico na cidade luz.

A judoca olímpica e várias vezes campeã da Europa será uma das participantes do Nacional de Seniores deste fim-de-semana em Cernache, prova que vai contar este ano com a presença de um número elevado de atletas da seleção nacional.

Nem Telma admite ir a Paris fazer turismo, não faz parte da sua maneira de ser e de estar no desporto, nem o Benfica admitiu a possibilidade de concentrar os seus recursos noutras alternativas, surgindo assim uma plataforma de interesse e confiança mútua que valoriza os dois protagonistas nesta decisão que a comunidade do judo vai apreciar de forma muito especial.

Recentemente, numa atividade na Marinha Grande, acompanhava o Vice-Presidente da Federação Portuguesa de Judo no acesso ao auditório no qual a cerimónia do Dia Mundial do Judo iria decorrer. Sérgio Pina recordou, no quadro da avaliação que partilhávamos, em conversa serena, sobre as opções da Direção da FPJ na fase inicial da pandemia, com o sistema de bolha em Cernache.

Logo nesse período de arranque da experiência surgiram dois casos de COVID-19, com testes positivos, e a vacilação face ao modelo de concentração de atletas para treinos e estágios num mesmo local surgiu inevitavelmente. Estava iminente a opção de terminar ali uma experiência e o estágio poder acabar de imediato quando a voz de Telma se fez ouvir de forma simples “Vocês podem ir embora, mas eu não saio daqui. Estou aqui é para continuar”.

E num passe de magia, a morte anunciada do modelo foi invertida, a experiência prosseguiu e hoje é possível apresentar um balanço muito positivo porque a experimentação foi realizada e até criou condições de confiança e segurança para Lisboa acolher um Campeonato da Europa e dois Campeonatos do Mundo.

O Benfica sabe a Telma que tem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *