Mais importante que praticar judo são as relações e ações entre atletas

JOVENS REPÓRTERES DO JUDO | Valores

por Luís Carqueijeiro, Marinha Grande

O Dia Mundial do Judo foi celebrado a 28 de outubro, este ano, com o tema SOLIDARIEDADE.

A capacidade de cada judoca praticar atos de solidariedade, está intimamente relacionada com o desenvolvimento da sua capacidade de olhar e se relacionar com os outros e a prática do judo tem como base oito valores que em muito contribuem para este sucesso.

Oito valores praticados no tatami

A amizade, o autocontrolo, a coragem, a cortesia, a honra, a modéstia, a sinceridade e o respeito são trabalhados até à exaustão no “tatami”. Muito mais importante que saber praticar judo, salienta-se as relações e ações entre atletas.

O que acho estranho é o judo ser das poucas modalidades em que define os oito valores que o compõem.

Estes valores não deveriam estar impostos em todas as modalidades?

Estes valores não estão presentes em todos nós, quando estamos em contexto familiar, quando estamos nas nossas escolas ou nos nossos trabalhos?

Claro que sim…. A presença destas características em nós, definem-nos como cidadãos, definem a nossa personalidade.

A nossa opinião sobre os valores

Escrever algo sobre valores, quando sou adolescente e, partindo do princípio que a maioria dos leitores são adultos, parece-me desnecessário dar noções para cada valor.

O que pensamos

Assim, pensei fazer diferente. Pensei dar-vos o ponto de vista de nós, crianças e jovens sobre os valores. Claro, que em muito é a minha opinião, mas penso que serei representativo de um grande número.

É do conhecimento de todos, que hoje em dia temos acesso a quase tudo com muita facilidade. O quase tudo incluí coisas boas e coisas más. Dou exemplo, a internet. Fonte de grande informação e de possíveis grandes problemas.

Luís Carqueijeiro

O que me faz escolher entre o bem e o mal?

Se sei o que quero para mim e o que não quero…. se sei o que me faz mal e o que me faz crescer, não correrei riscos.

Estas certezas em cada um de nós são criadas pela educação que os nossos pais e familiares nos dão, pelos princípios que nos são passados por todos aqueles que contactam connosco, falo de professores, falo de treinadores ou outros orientadores em qualquer atividade que tenhamos e, claro, pelas nossas amizades.

Claro que, assumindo-se o judo como uma escola de valores, onde se ensina aos judocas, não só a serem bons atletas, mas a serem bons cidadãos, a saberem viver em sociedade, tenho que falar especificamente de um valor: o RESPEITO

Praticar no dia-a-dia

Este valor, para mim, está na base de todos os outros. Termos consideração por todos que nos rodeiam, refiro-me tanto daquela pessoa que está presente na nossa vida todos os dias, como daquela pessoa que passei ocasionalmente, hoje, na passadeira. Só com respeito há confiança, verdade, sinceridade e amizade.

Dada a importância dos valores, principalmente em tenras idades, apelo, a todos, que no vosso dia a dia, lidam com crianças e jovens, quer sejam, pais, professores, treinadores, formadores ou outros: por favor, não desistam das crianças e jovens com quem trabalham. Nós precisamos de quem nos oriente, de quem nos lembre e trabalhe connosco que os nossos valores definem a nossa personalidade, definem-nos como cidadão e são uma ferramenta que nos levará ao sucesso e felicidade.

Fotos Judo Clube da Marinha Grande


LUÍS CARQUEIJEIRO

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.