Fiquei feliz por ser anfitriã do Secretário de Estado, com os meus 12 anos

JOVENS REPÓRTERES DO JUDO | Laura Lopes

A Laura é a mais recente Jovem Repórter do Judo. Escreve-nos da Marinha Grande e revela-nos o que representou para ela estar no centro das ações que rodearam a presença de inúmeras instituições e pessoas nas Comemorações do Dia Mundial do Judo que tiveram lugar na cidade vidreira do Oeste do país.

Os mais jovens estarem na primeira linha nas iniciativas institucionais dos clubes de judo parece constituir uma excelente opção na construção de uma maior proximidade entre convidados e participantes nos eventos.

A Laura apresenta-nos claramente no seu artigo o que significou para ela esta experiência que também teve impacto desportivo, social e local no seu território de vida quotidiana.

O meu dia Mundial do Judo

FAZ HOJE UM MÊS, vesti o meu judogui e fui com o Bernardo, o meu irmao mais novo, à nossa escola para, simplesmente, participar num evento como os outros, 

FAZ HOJE UM MÊS, o meu professor de judo pediu-me para ir receber uns convidados, como um cantor, como uns judocas, como um Secretário de Estado à porta da escola e fui…,

FAZ HOJE UM MÊS, que ele me pediu para ler um artigo da minha amiga Matilde, “mas olha que é extenso e complicado, consegues?” – perguntou ele!

Laura Lopes, Jovem Repórter do Judo MG

Depois tudo começou e…

FAZ HOJE UM MÊS, fiquei admirada com a simpatia de João Paulo Rebelo e de todos os convidados ao serem recebidos por dois miúdos à porta da escola. Era o meu colega Martim e eu,

FAZ HOJE UM MÊS, fiquei feliz ao ver no tapete da minha escola muitos judocas do Judo Clube da Marinha Grande, onde pertenço, a divertirem-se e a ver as caras dos convidados a observá-los sorridentes por verem que se sentiam unidos,

FAZ HOJE UM MÊS, conheci pessoas que deixaram de ser uns convidados e passaram a ser o Jorge Pina e o João Pedro Pais que autografaram a minha t-shirt, e João Paulo Rebelo, Secretário de Estado, que tirou fotos comigo e todos os convidados que foram super simpáticos,

FAZ HOJE UM MÊS, que foi lançada a campanha Dislike ao racismo apoiada pelo Miguel Vieira e pelo Jorge Pina que me fizeram chorar e a muitos outros ao ouvir as suas experiências,

FAZ HOJE UM MÊS, que li um artigo, que não era meu e que não tive oportunidade de ensaiar, mas li sem olhar para trás, perante várias pessoas amigas e, mesmo não conseguindo da melhor forma, usei a resiliência, sim resiliência, este ano aprendi esta palavra com o meu professor de judo e não desisti da leitura, li o artigo da minha amiga Matilde até ao fim,

FAZ HOJE UM MÊS, que passei um dos dias mais felizes da minha vida.

Laura Lopes | JRJ Marinha Grande
Please follow and like us:
error
fb-share-icon

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.