AVEIRO | 2021 não foi um ano perdido, foi um ano de muito trabalho e de muitas conquistas

Balanço 2021 – AJDA – Associação Distrital de Judo Aveiro

Se pudéssemos resumir o judo em 2021 numa ou duas para palavras, diríamos que foi um ano de superação e resiliência, mas muito mais há a dizer:

Para todas as associações, para todos os clubes, foi de facto um ano assustador. Pensar no desfecho que teria o judo nesta realidade epidemiológica, sendo nós uma modalidade de alto risco, um cenário dramático!

Contudo é importante falar sobre o que nos torna tão especiais: os valores que nos regem, os princípios que nos diferenciam e nosso código moral.

Temos que reagir

Temos que reagir e agir, foi o nosso primeiro impulso que não tardou a ser colocado em prática.

Promovemos gratuitamente formações e treinos online, no intuito de passar algumas ferramentas e conhecimentos, nesta fase incerta, e no fundo permitir mostrar o caminho a todos, embora de uma forma adaptada, certo é, era possível manter-nos ativos no judo.

O nosso agradecimento aos formadores e treinadores por acreditarem tanto quanto nós.

Formações online

Alain Massart

  • O treino de Velocidade para o judoca;
  • O Judo de Jigoro Kano.

Saimon Magalhães

  • Aprender através do Jogo

Treinos online:

Treinador Carlos Luz | Treinador Nuno Carvalho.

Apoios da associação

De forma a impulsionar o arranque presencial dos clubes, concebemos apoio monetário extraordinário, testes covid gratuitos e apoio para a aquisição de materiais de desinfeção.

Organizamos também uma sessão de esclarecimentos para retoma, em parceria com a Associação de Judo do Distrito do Porto, orientada por Luis Aleixo, de forma a permitir a todos a exposição de dúvidas e receios para esta nova etapa.

A tranquilidade não abundou, pois sabíamos que o arranque seria atribulado e que haveria desistências em todos os clubes.

E assim foi, deu-se a retoma, alguns clubes não reabriram, outros superaram esta batalha de forma muito positiva…

O que se segue?!

Foco direcionado para o último semestre do ano.

É hora de irmos a terreno e proporcionar o retorno à normalidade, mas não seria demasiado arriscado?! Deveríamos esperar mais um pouco?!

Tivemos dúvidas, tivemos receio, mas na verdade não pensamos duas vezes…

Recebemos o XXV CLINIC ANTJ e aí sim, sabíamos que tudo a correr como perspectivamos já nada nos parava.

De coração cheio, tudo se realizou na perfeição.

Em segurança, foi possível o reencontro, o convívio, partilha, muita partilha, a alegria foi visível a olho nú no rosto de todos.

Matriz testada, próximos eventos, venham eles

Lançámos o desafio às Associações vizinhas, Porto, Viana do Castelo e Viseu, para a realização dos zonais de juvenis e cadetes, com vista à preparação dos nacionais de ambos os escalões.

Mais de um ano sem competições, sabíamos que haveria muitos atletas a pisar pela primeira vez o ambiente de prova e seria importante enquadrá-los e prepará-los.

Mas até que ponto iriamos ter participantes suficientes, tendo em conta que o nacional não obrigava a apuramento, e que clubes já estariam em plena atividade com atletas, era a dúvida!

Num ambiente tranquilo mas de alguma ansiedade, presenciámos, finalmente, o decorrer da competição. Observar os jovens judocas em ação, os  árbitros em terreno, foi gratificante demais. Numa bolha de amizade e de alegria pura, o judo está de saúde, os nossos jovens estão com sede de luta, nada foi em vão!

A receptividade e participação foi muito boa.

O Mundial de Veteranos em Portugal

Tão perto e tão difícil.

O desafio seria na tentativa de redução dos custos avultados aos atletas participantes.

Tivemos representação de 6 atletas de Aveiro e claro reunimos esforços, demos o nosso contributo monetário e trabalhamos para a angariação de um patrocínio para a realização dos testes PCR. O nosso agradecimento aos Laboratórios Médicos de Análises Clínicas AVELAB de Aveiro pelo apoio aos nossos atletas.

Não podíamos estar mais orgulhosos, os nossos Veteranos entraram em grande, presenteando Aveiro com duas medalhas de Ouro, uma de bronze, dois 5º e um 7º lugar.

Nacionais

Os campeonatos nacionais decorreram em todos os escalões neste último trimestre de 2021 e Aveiro contou com a participação de alguns clubes e muitos atletas.

Muitas alegrias e muitas medalhas, em todos os escalões, motivo de muito orgulho para todos nós, após tanto tempo, tanta incerteza, constatar que o judo em Aveiro lutou e fez questão de não passar despercebido!

Fomos todos colocados à prova!! Só podemos estar satisfeitos, 2021 não foi um ano perdido, foi um ano de muito trabalho, e claro, muitas conquistas, a todos os níveis.

Bianca Sousa | ADJA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.