Câmara de Almada confia na FPJ na realização do Grand Prix

GRAND PRIX ALMADA | 28, 29 e 30 de janeiro 2022

O agravamento da crise pandémica nos últimos dias e alguns sinais de perturbação na participação no Grand Prix levou-nos a questionar a Câmara Municipal de Almada sobre a avaliação da situação, tendo em conta que o Complexo Municipal dos Desportos no qual se realiza a prova internacional está sob a supervisão do município que, sendo uma estrutura do Estado local, tem responsabilidades acrescidas em matéria de segurança sanitária.

Tomámos conhecimento que Danelia Saba, o atleta de origem georgiana que representa o Sport União Sintrense, não poderá participar no Grand Prix de Almada e que situações similares poderão ter ocorrido em consequência da pandemia de COVID-19. A questão da segurança sanitária poderia estar a ter contornos mais complicados que o previsto.

Mas não é essa a perceção dos organismos que enquadram a realização do Grand Prix de Almada e a Câmara Municipal foi categórica a esclarecer que a responsabilidades, nessa matéria, é da Federação Portuguesa de Judo

“Refira-se que a responsabilidade na articulação com a DGS, designadamente na realização de avaliação de risco e plano de contingência, é da responsabilidade da entidade organizadora do evento, no caso, a Federação Portuguesa de Judo, que, de resto, garante a testagem de todos os participantes” afirma-se numa comunicação do município almadense que tem noção da forma rigorosa como a FPJ costuma agir nesta área.

 

Quando questionámos o vereador do desporto da Câmara Municipal de Almada, Filipe Pacheco, sobre o acompanhamento e monitorização do evento pelas entidades oficiais a resposta foi positiva e foi ainda possível obter informações sobre medidas preventivas nos seguintes termos ” De resto, foram canceladas todas as restantes atividades nos dias 28, 29 e 30 de janeiro no Complexo Municipal dos Desportos da Cidade de Almada, sendo o Grand Prix de Almada o único evento a realizar-se nessas datas”. 

A festa do Grand Prix pode avançar, existe um consenso sobre as garantias indispensáveis para que atletas, árbitros, dirigentes, personalidades, organizadores e público possam usufruir de um evento inaugural do Tour Internacional da Federação Internacional de Judo.

.

Please follow and like us:
error
fb-share-icon

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.