Bárbara, Universidade e Copa

NOTÍCIAS BREVES | 2 de abril de 2022 | Seixal

Três frentes de atividade intensa do judo nacional marcaram o sábado desportivo de 2 de abril parecendo que há intenção de confirmar, de forma invertida, a crença popular que depois da tempestade vem a bonança. Não terá sido uma verdadeira tempestade mas registou-se uma forte polarização de provas, e até de estágios associativos, que revelam uma dinâmica crescente do judo português no país e em competições internacionais.

RENSHALL IMPÔS UM BREXIT INDESEJADO

Em Antália, na segunda jornada do Grand Slam, Bárbara Timo subiu ao pódio e conquistou um bronze que culminou um percurso de grande qualidade competitiva. Forçada pelo sorteio a um primeiro combate na primeira ronda, o único registado nessa fase, por ainda não ter estatuto distintivo atendendo à recente chegada à categoria de peso de -63kg, Bárbara Timo só cedeu perante uma Lucy Renshall arrasadora que soube tirar partido de uma fragilidade da campeã luso-brasileira, a postura defensiva no trabalho ao solo.

Bárbara está mais forte e demonstra uma capacidade de resistência muito elevada. Acresce que diversificou o seu judo com ataques consistentes à esquerda, principalmente seoi-nage e à direita com o-soto-otoshi que está mais seguro. Em situações muito concretas ousa mesmo alguns sutemis para destabilizar as adversárias. Na luta pelas pegas, Timo, como o demonstrou contra Quadros (BRA) e Barrios (VEN) dá pouca margem de manobra às suas opositoras e controla bem os combates.

Um bronze em Antália anuncia uma boa temporada para a atleta da seleção nacional que pode, de novo, depois da sua lesão e mudança de categoria de peso a aspirar a voos muito altos no judo internacional.

NACIONAL UNIVERSITÁRIO NO SEIXAL

Organizado pela Federação Académica do Desporto Universitário realizou-se o Campeonato Nacional Universitário 2022 que decorreu no Seixal tendo contado com a participação de instituições universitárias de várias regiões do país.

A Universidade NOVA conquistou uma vitória coletiva e alguns judocas com notoriedade nacional nas provas da FPJ e Internacionais conquistaram títulos com alguma naturalidade.

Reproduzimos algumas imagens e resultados de academias e clubes locais.

Imagens diversas das instituições universitárias, clubes com atletas na prova e alguns treinadores e árbitros que partilharam a festa dos competidores.

Transcrevemos a abordagem aos resultados realizada pela FADU- Federação Académica do Desporto Universitário:

“O Pavilhão Portugal Cultura e Recreio, no Seixal, foi o placo onde a equipa da Universidade Nova de Lisboa se sagrou campeã nacional universitária de judo este sábado. Os estudantes-atletas da instituição lisboeta renovaram a conquista do troféu coletivo alcançada na época 2019/2020. Distribuídos por 12 categorias, participaram, um total de cerca de 80 estudantes-atletas.

No feminino, Carolina Rodrigues da Associação de Estudantes da Escola Universitária Vasco da Gama (AEEUVG) venceu nos -48kg, e Patrícia Matias da Associação Académica da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias (AAULHT) nos -52kg. Nos -57kg, levou o ouro a estudante-atleta Mafalda Ezequiel da Associação dos Estudantes da Faculdade de Motricidade Humana (AEFMH), nos -63kg, Mariana Esteves da AEFMH, e nos -70kg Andreia Serrão da Universidade Nova de Lisboa.

No masculino, nos -60kg, Daniel Jesus da Associação Académica da Universidade do Algarve conquistou a medalha de ouro, nos -66kg, o ouro foi conquistado por André Cravo da AAULHT, nos -73kg, foi Pedro Horta da Associação de Estudantes da Faculdade de Arquitetura (AEFA), nos -81kg, Eduardo Silva da Universidade do Porto (U.Porto), nos -90kg, Pedro Silva da Associação dos Estudantes do Instituto Superior Técnico (AEIST), e nos +90kg, o campeão foi Rodrigo Boavida, do Instituto Politécnico de Viseu (IPV).

Na cerimónia protocolar estiveram presentes o presidente da FADU, André Reis, o presidente da Mesa da Assembleia-Geral da FADU, Bruno Fragueiro, a presidente da Associação Desportiva do Ensino Superior de Lisboa, Beatriz Leandro, o presidente da Federação Académica de Lisboa, João Machado, o presidente da Mesa da Assembleia-Geral da Associação Distrital de Judo de Lisboa, Paulo Esteves, e Diogo Silva, campeão europeu universitário pela Universidade de Lisboa”. 

CATORZE MEDALHAS EM PONTEVEDRA – MARIM

A Copa de Espanha Absolutos – Trofeu Internacional de Marín contou com a participação de um contingente nacional muito significativo e os resultados estão à vista com a conquista de 14 medalhas no cômputo geral.

Please follow and like us:
error
fb-share-icon

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.