65 anos, não é idade de reforma

VIDA DOS CLUBES | Judo Clube de Portugal-12 de julho 2022

Um dia, esperemos que seja brevemente, teremos condições para realizar um trabalho de fundo sobre o Judo Clube de Portugal. Um clube fundador e com uma história única, que em muitas medidas se confunde com a história do próprio judo em Portugal. É tarefa obrigatória a inscrever nos objetivos da Judo Magazine.

Hoje na comemoração dos seus 65 anos pedimos boleia ao Tiago Silva que no seu estilo peculiar e tendo por base os seus 34 anos de experiência divulgou uma Nota muito personalizada que reproduzimos em homenagem ao clube. Não saberíamos fazer melhor e de forma tão calorosa. Sabemos que o Tiago não se importará que partilhemos com ele emoções plenamente justificadas.

“Parabéns ao Judo Clube de Portugal pelos seus 65 anos. A história deste sócio fundador da Federação Portuguesa de Judo, que se confunde com a própria história do judo português. No meu pequeno trajecto pessoal, já ocupa uns redondos 34

Anos de ouro. Os mais felizes como treinador e judoca. Obrigado a todos os meus mestres e treinadores de sempre no tapete, ao prof. Luís Monteiro com quem tudo começou, ao Carlos Ramos com quem mais cresci tecnicamente, ao Mestre José Manuel Bastos Nunes pelo purismo da técnica, ao Mestre Pinto Farias pela inspiração diária e finalmente ao Filipe Figueiredo, por todos os ensinamentos recentes. Sigo aprendendo!

A todos os meus colegas de treino e foram muitos, mas sobretudo aos especiais pela amizade e porque me obrigaram a evoluir: João, Pedro, Nunos, Rap, Casquinha, Michel, Susy, João Nogueira, Filipinha, Andréia, Inês, etc

Uma palavra especial aos alunos e atletas com quem me cruzei neste tapete, alguns deles permanecerão família no meu coração. Tive a sorte de treinar alguns dos melhores que por cá andam, nas duas passagens enquanto treinador.

Os clubes são feitos de pessoas, que os engrandecem e toda esta gente que nomeei tem um lugar gigantesco na memória colectiva do clube, do mais anónimo ao mais conhecido. Um abraço apertado à Sachiko por tudo o que fez e proporcionou para continuar o legado do Pai. Nunca será esquecido.

Um cumprimento especial à melhor parceira de sempre Sandra Saiote”

Tiago Silva 12 de julho 2022

Please follow and like us:
error
fb-share-icon

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.