1000 dojos solidários nos bairros sociais

ÉTICA NO DESPORTO | FFJDA – Federação Francesa de Judo e Disciplinas Associadas, 19 de julho 2022

Um projeto particularmente ambicioso, que tem o grande mérito de ligar a prática desportiva à inclusão social, tem por objetivo abrir, até 2024 em França, 1000 dojos solidários nos bairros nos quais as desigualdades e as vulnerabilidades sociais são particularmente marcantes.

“Mil dojos solidários” envolve a Federação Francesa de Judo, uma centena de câmaras municipais, parceiros da reabilitação urbana e da habitação social e finalmente o governo gaulês que vai investir até 2024 a soma de 44 milhões de euros em 5000 novos equipamentos desportivos.

Reciclar a cidade em prol da prática esportiva

A Federação Francesa de Judo (FFJudo) vai criar 1.000 novos dojos até 2024… sem construir um único que seja! A sua implementação em áreas territoriais desfavorecidas será objeto de trabalho articulados com a chamada “política de cidade”, ou seja, um esforço coletivo de construir cidades mais inclusivas e mais solidárias.

Sobriedade fundiária, reabilitação de edifícios, facilitação do acesso ao desporto, vocação social, eis um quadro pouco comum na prática dos agentes desportivos mas o projecto ‘1.000 dojos’ preenche muitas das áreas temáticas que se tornaram essenciais nos nossos dias daí a sua pertinência e a sua relação estrutural com o desenvolvimento social.

Instalar em espaços existentes

Até 2024, sob a liderança da Federação Francesa de Judo transformada em ator da reabilitação urbana, 1.000 dojos deverão ser instalados em França em espaços existentes, principalmente nos bairros críticos e de maior emergência social.

Este plano nasceu de uma dupla constatação. Uma primeira, sociodemográfica: “Num ano normal, identificamos cerca de 500.000 licenciados, desses apenas 6.500 residem em bairros sociais” adiantou Sébastien Nolesini, coordenador geral da FFJudo. “Esta é uma taxa de penetração muito baixa de 1,2%”, nesses 1.436 bairros onde moram cerca de 8 milhões de pessoas” justificou o dirigente desportivo responsável por projetos na federação gaulesa.

Dojo de Clichy-sous-Bois

Entretanto já foi realizada a primeira avaliação da evolução do programa a nível nacional e recentemente o Presidente Macron inaugurou um dos novos dojos em Clichy-sous-Bois.

Fotos © France Judo

Please follow and like us:
error
fb-share-icon

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.