A Rochele está a subir e a ganhar confiança, afirmou Ana Hormigo

publicado 12 de outubro 2022 | Jm com Ana Hormigo em Tashkent

Rochele, por um triz!

Quando foi assinalado o wazari a favor de Rochele foi como um despertar de um vulcão. Na verdade as razões para expetativas limitadas eram muitas. A francesa Julia Tolofua apresenta uma imagem imponente, de gigantismo e de inacessibilidade, e Rochele estava a regressar às grandes competições.

O controlo que exerceu sobre a atleta gaulesa, que realizou um ataque um pouco desordenado, revelou força e potência da parte da atleta do Benfica. Afinal Rochele estava em jogo e a dominar na pontuação.Mas não foi possível suster o ímpeto ofensivo da competidora francesa nos últimos 40 segundos do tempo regulamentar. Depois de uma enérgica projeção veio a imobilização que deu a vitória, nos últimos segundos, à futura medalha de bronze da prova mundial.

Rochele Nunes e Ana Hormigo no Altice Arena

A Rochele entrou muito bem, Ana Hormigo

A selecionadora nacional Ana Hormigo analisou o desempenho de Rochele Nunes com a sua habitual maturidade e valorizou a experiência de forma muito positiva “A Rochele entrou bem e motivada, conhece bem estas adversárias, mas esteve muito tempo afastada deste nível de competições. Está a subir e a ganhar confiança, que é isso que ela precisa para colocar bons ataques.

Fisicamente estava preparada, agora é retomar o ritmo competitivo. Amanhã olhamos em frente, aproveitaremos esta preparação para entrar no GS Abu Dhabi”.

Fotos IJF © Feliciantonio Emanuele

Please follow and like us:
error
fb-share-icon

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.