Houve judo no estabelecimento prisional

3 de novembro, 2022

INCLUSÃO foi lema para uma jornada de judo aveirense

por António Costa

Inclusão no Estabelecimento Prisional A primeira parte da tarde foi passada no Estabelecimento Prisional de Aveiro com uma dinâmica de promoção do Judo junto da comunidade reclusa do estabelecimento. Numa atividade que visava a transmissão dos valores do Judo, foram vários os reclusos que tiveram a oportunidade de subir ao tapete e partilhar esta iniciativa com os técnicos do Clube de Judo IPPON. Ao contrário do que foi veiculado na comunicação social, ninguém foi “ensinar a bater”.

A dinâmica promoveu o respeito pelo próximo, a atividade física, o respeito pelas regras e a entreajuda. Treino aberto inclusivo O Dia Mundial do Judo terminou com um treino inclusivo no Dojo do Clube de Judo IPPON, com a presença de atletas, pais, familiares e amigos. Para além dos atletas do CJ IPPON ainda marcaram presença atletas do Judo adaptado da CERCIAG e atletas da ACREMA, numa dinâmica inclusiva, onde todos puderam divertir-se ao longo de uma hora.

Receber todos aqueles que querem praticar judo

No final o balanço do Dia Mundial do Judo 2022 foi francamente positivo. O Clube de Judo IPPON sempre se pautou por ser um clube inclusivo, com capacidade para receber todos os que queiram praticar Judo de uma forma positiva.

As medalhas que os atletas possam conquistar e colocar ao peito são valorizadas, como em qualquer clube, mas as que mais se valorizam neste clube são as medalhas que se guardam no interior do peito, no coração, através das vivências que são proporcionadas com o foco no crescimento de todos em conjunto e voltados para uma prática efetivamente inclusiva.

António da Costa

ANTÓNIO da COSTA
Please follow and like us:
error
fb-share-icon

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.