Desporto e desenvolvimento social no ADN do 4Judo Projet

4 de novembro, 2022

INCLUSÃO | RONDA DOS CLUBES | 4Judo Project

Como se forja a identidade de um clube desportivo? Como se constrói um espaço de apoio ao desenvolvimento que influencia de forma significativa a vida dos seus membros e contribuir para o desenvolvimento social no seu território de pertença?

Eis duas interrogações que nos levaram a Aveiro, ao clube liderado por Nuno Vieira, o 4Judo Project, para encontrar respostas a partir das práticas ali existentes.

Há percursos que revelam pela sua singularidade um potencial de demonstração e de modelização que vale a pena observar de forma particularmente atenta. Percursos que são desenvolvidos em contextos peculiares e com atores que são específicos de um território, mas que fornecem elementos de caráter mais global que são úteis para a reflexão sobre as estruturas do desporto na ótica do bem-estar e da coesão social.

A análise que aqui reproduzimos sobre a Associação 4Judo Project procura ir ao encontro de uma démarche pedagógica e baseia-se nos dados do próprio clube.

Autoavaliação e reflexividade

O primeiro elemento desta abordagem radica na dinâmica autoavalitiva e nos exercícios de reflexividade que o clube instalou de forma informal para estruturar o seu desenvolvimento.

Pensar sobre o próprio percurso, sistematizar as experiências, refletir sobre os pontos fortes e os pontos fracos do coletivo, eis uma peça-chave da estratégia que o clube adotou.

“Se pudéssemos resumir esta época desportiva em duas ou três palavras, diríamos que foi um ano de muita emoção, lágrimas e, claramente, de um enorme crescimento. Mas antes de falarmos das pequenas grandes conquistas de 2021/22, podemos contar a história  do como cá chegamos, pois nada acontece por acaso.

Muitas pessoas questionam: O que é necessário para lá chegar? Quais são os ingredientes chave?

Mas chegar onde, precisamente?! Existirá apenas um ponto de partida e outro de chegada? Bem… estamos certos de que existe um ponto de partida, o sonho, algo pelo qual somos apaixonados e que gostaríamos que fizesse parte da vida de muitas pessoas.

A 29 de dezembro de 2015, o sonho foi oficializado com a criação da Associação 4Judo Project”.

Tudo indica que a operação de instalação de um clube assenta em vontades que se conjugam e na operacionalização de uma visão que ultrapassa a mera dinâmica organizativa do processo. Há algo mais intenso que muitos relacionam com a paixão. Para quem conhece o judo compreende que o contágio é grande e que a energia associada à modalidade é enorme.

“A primeira tarefa foi dar a conhecer o Judo tal como ele é, um dos desportos mais completos, quer na sua vertente física, quer na vertente intelectual. Esta abordagem holística permitiu chegar a todos, crianças e adolescentes, mas também a pais, amigos e familiares, abrindo o dojo à comunidade, sem exclusões, com o intuito de partilhar aquilo que mais nos distingue: os valores, os princípios e o código moral onde nasceu e cresceu o Judo. Estes são os nossos alicerces!”

Apoio ao desenvolvimento social

Um clube desportivo envolve os seus atletas, antes de mais, nas práticas desportivas instituídas, sejam elas de base competitiva ou não. No entanto a par desta finalidade inquestionável da sua vocação central o 4Judo Project instituiu no seu portfólio de atividades a realização de projetos de natureza social que em última analise também facilitam a aproximação de novos praticantes à modalidade e ao clube. Assim foi com o projeto Reação que contou com o apoio do Programa Bairros Saudáveis e cuja sistematização de experiência pode ser resumida da seguinte forma:

A Associação 4JudoProjet coordenou e dinamizou na Região de Aveiro o projeto Reação que foi desenvolvido a partir da ideia-força que o desporto, dinamizado numa perspetiva de plataforma integradora das vertentes saúde, educação, lazer e animação comunitária, constitui uma base imbatível para promover a inclusão social e reforçar as comunidades locais.

Qual foi a estratégia de intervenção que a associação e o clube de judo instalaram em Aveiro de forma a atingirem os objetivos propostos?

1º Incentivar os mais jovens para a prática desportiva relacionando-a com a saúde, o bem-estar e a cooperação na comunidade local;

2º Apresentar soluções de proximidade e com o apoio de recursos facilitadores do acesso à prática desportiva imediata e local;

3º Estabelecer como grupo-alvo das propostas de atividades o agregado familiar, envolvendo jovens e os seus familiares nas ações do programa;

4º Associar às dinâmicas de ação uma abordagem mais reflexiva assegurando processos educativos e formação em torno de valores;

5º Organizar uma parceria local, com instituições e organizações relevantes cujas finalidades incorporam também uma preocupação central pela inclusão social;

6º Organizar e dinamizar uma equipa com forte sentido solidário e com uma real capacidade para dinamizar treinos mas também as relações e interações entre o jovens praticantes de judo; e a própria comunidade;

7ª Arriscar ações criativas e com um forte impacto nos jovens praticantes mas também junto de toda a comunidade local;

8º Informar e partilhar as iniciativas de forma ativa dando voz aos participantes na comunicação realizada sobre as ações empreendidas;

9º Combinar desporto (judo em particular) e o desenvolvimento sustentável de forma a promover uma consciência ecológica e algumas práticas associadas è defesa do Planeta;

10º Valorizar os espaços públicos, organizando atividades fora de portas, reforçando por essa via um sentimento de pertença positiva ao bairro e reforçando por essa via o sentido de comunidade local.

Assim um clube com uma estratégia de inclusão social através do desporto reforça-se como coletivo através das aprendizagens realizadas nos processos de intervenção e influencia de forma positiva as comunidades no território. Torna-se um agente local de desenvolvimento.

Um clube com resultados desportivos

A recente conquista do título de Campeão Nacional de Equipas Juvenis Femininas revela isso mesmo. Já não se limita a uma presença de referência nos escalões mais jovens no judo regional, o 4Judo Project colocou a sua pegada de clube aveirense no palco do judo nacional.

“A 4Judo começa a fazer parte da história do judo nacional. E não se trata apenas de resultados obtidos, de medalhas conquistadas. Esses são registos de muito mérito, que nos enchem de orgulho e nos fazem acreditar que o nosso trabalho está no caminho certo. Mas analisemos como um todo: um novo ciclo começa a nascer dentro das nossas portas e é isso que pretendemos partilhar convosco.

Pela primeira vez na história de Aveiro, em 2018, tivemos uma campeã nacional no escalão de cadetes, a Gabriela Barbosa; foi também a primeira atleta formada na 4Judo a graduar para 1º DAN e, consecutivamente, a concluir o curso de arbitragem e de treinadora.

No presente, já temos mais atletas em circunstâncias semelhantes às da Gabriela. É por isso que lutamos diariamente, para vê-los crescer como atletas e como pessoas, e o lá chegar referido há pouco pode vir a ser tanta coisa boa: campeões regionais, nacionais, europeus, mundiais, treinadores, árbitros, especialistas em Katas, atletas olímpicos… ou o campeão da sua rua ou do seu prédio.

O papel que cada um dos nossos judocas desempenha é fundamental, tanto dentro do Dojo como fora dele, e um atleta que decide trabalhar para ser campeão do mundo é tão importante como o que decide não competir.

Hoje é o dia em que olhamos à nossa volta e tomamos consciência de que o caminho que a Gabriela enveredou para chegar a campeã nacional foi muito diferente dos juvenis e cadetes que, atualmente, já estão neste patamar. Estamos a crescer de forma muito saudável. Os mais velhos ajudam os mais jovens, passando conhecimento, experiência, respeito, motivação, mostrando parte do caminho e dando corpo ao treino daqueles que serão o futuro da modalidade. As boas referências criam sonhos, e todos nós contribuímos para este sonho.

Enraizar os laços na vida de cada um dos nossos pequenos e grandes judocas, trabalhando arduamente para esse objetivo, de forma a promover experiências positivas, memórias felizes, valores, disciplina, hábitos saudáveis, e ver os nossos jovens atletas na melhor versão de si mesmos, sem que se desviem da sua própria identidade, é isso que faz a nossa história.

Este ano de 2022 tem sido uma prova viva da consistência do trabalho contínuo, novamente pelo marco histórico que a 4JUDO atingiu, a nível zonal e a nível nacional, com estreia em provas internacionais no escalão SUB 15.

Nos escalões SUB15 e SUB18, todos os 15 atletas participantes no zonal de 2022 subiram ao pódio, conquistando 7 medalhas de ouro, 3 de prata e 5 de bronze, e em equipas, pelo segundo ano consecutivo, mantivemos a classificação do 1º lugar em ambos os escalões.

Nos campeonatos nacionais de juvenis e cadetes, trouxemos ao peito 6 medalhas nacionais: 2 de ouro, 2 de prata e 2 de bronze, bem como dois 5º lugares. Para representarem a Seleção Nacional de Judo no escalão de juvenis foram então convocados: Guilherme Tavares em -55kg, Luana Figueiras em -57kg, Núria Silva em -57kg e Iara Henriques em -48kg. No escalão de cadetes temos o Joel Silva em -81kg.

As conquistas dos nossos atletas no Campeonato Nacional de Juvenis de 2022 colocaram a 4Judo em 2º lugar no ranking de medalhas, um resultado absolutamente HISTÓRICO e que tanto dignifica o Judo do distrito de Aveiro”.

Judo também para os mais pequenos

Como certamente saberão, a atividade da Associação 4Judo Project não se resume apenas aos escalões que acima referenciamos, há muitas atividades direcionadas aos mais pequeninos e outras para reunir a família, até porque estamos certos de que é assim que se mantém o ciclo a funcionar de forma saudável. Com o normalizar do estado pandémico, foi-nos possível levar a cabo tantos desejos para a alegria dos nossos judoquinhas.

Importa ainda relembrar o objetivo destas atividades e o que se pretende estabelecer com o contexto competitivo nestas tenras idades. Para além das aulas que decorrem semanalmente, das aprendizagens e capacidades que as crianças vão desenvolvendo com o treino de judo, o quão importante é permitir que experienciem o verdadeiro desafio do seu tirocínio com a participação em torneios, pois ajuda a reforçar habilidades, ensina que perder e ganhar faz parte da vida e que nem sempre conseguimos o 1º lugar, além de estimular a capacidade de decisão das crianças, ajudá-las a criar objetivos e ensinar verdadeiramente que é preciso trabalhar para lá chegar. Quanto a nós, treinadores e família, cumpre-nos saber valorizar e estimular continuamente o empenho, o trabalho individual e em equipa, os laços que se criam, as novas sensações e emoções que brotam, potenciando assim, de forma muito saudável, o bom desenvolvimento e o aumento da autoestima de cada uma das nossas estrelinhas.

Este ano, os nossos pequeninos puderam experienciar as etapas da Toshi CUP, a Master Class com uma atleta Olímpica, um Workshop de sushi com Sachiko Kobayashi, o 4Judo Camp, o convívio anual, muitas aulas temáticas e muitas atividades de educação ambiental e animal, entre outras.

Tivemos ainda a oportunidade de proporcionar aos nossos atletas a quando do Estágio de Verão 2022 o contacto e a aprendizagem com o Sensei Masahito Hasegawa, 6ºDan do Kodokan, sendo que este foi nomeado nosso Technical Adviser. Este estágio serviu igualmente para oficializar a Sachiko Kobayashi, filha do Sensei Kyoshi Kobayashi” Pai do Judo em Portuga”, o título de madrinha do nosso projeto. Tornando a nossa estrutura muito mais sólida.

Sempre que possível, promovemos o contato dos mais velhos com os mais novos, permitindo a enriquecedora partilha das conquistas na primeira pessoa e reforçando a ligação entre todos: nascem então SUPER HERÓIS e se solidificam sonhos.

A nova época está a arrancar, novos desafios estão por vir e nós mantemos o foco. Não criamos campeões à pressa, erigimos judocas e carimbamos as etapas do crescimento, passamos a garra do querer e treinamos…

“O desejo de preparar-me para a vitória deve ser maior do que a vontade de vencer” WE LOVE JUDO!!

Please follow and like us:
error
fb-share-icon

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.