NO RESCALDO DO GRAND PRIX | Miguel Vieira foi “prata” no IBSA Grand Prix de Portugal 2023

Um exemplo de perseverança, resiliência e superação

por Fernando Seabra*

O judoca Miguel Vieira classificou-se em 2.º lugar no IBSA Grande Prix Portugal que se realizou no Complexo Municipal de Desportos “Cidade de Almada”.

O Miguel competiu no escalão J1 (cegos) categoria de peso -60kg, tendo realizado quatro combates, em sistema de poule (todos contra todos), vencendo os três primeiros combates frente a judocas de nacionalidades brasileira, venezuelana e italiana, cedendo apenas no quarto e último combate com outro judoca brasileiro.

Depois da conquista do título de vice-campeão europeu e de um 5.º lugar no Campeonato do Mundo no ano passado, o Miguel consegue, com esta classificação, amealhar preciosos pontos com vista à almejada qualificação para os Jogos Paralímpicos “Paris2024”, ascendendo muito provavelmente ao “top cinco” do ranking mundial.

Tendo marcado presença nos Jogos Paralímpicos do “Rio2016” e tendo falhado por muito pouco a qualificação para “Tóquio2020”, o Miguel está assim no bom caminho para conseguir vencer mais este desafio, entre os muitos que já superou e que fazem dele um exemplo de perseverança, resiliência e superação dos complexos obstáculos que a Vida lhe foi colocando.

Na referida competição marcaram ainda presença mais dois atletas portugueses, o Ruben Gonçalves e o Nuno Rocha ambos no escalão J2 (baixa visão), categoria de peso de -73kg que, apesar de terem combatido galhardamente, não lograram classificar-se.

  • Treinador do Judo Clube Total e do Miguel Vieira.
  • Na foto Miguel Vieira, Djibrilo Iafa e o treinador nacional Jerónimo Ferreira
Fernando Seabra

SOBRE O AUTOR | Editor

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *