Há quem se preocupe com a qualidade técnica dos treinadores de judo

Ação de formação decorreu com 30 participantes do distrito de Santarém

No sábado de Carnaval a azáfama foi grande em praticamente todas as localidades do país porque sua excelência o corso impõe a presença, a boa disposição e até a irreverência de todos, porque é “Carnaval ninguém leva a mal”.

Mas para os lados de Santarém, como se costuma dizes, uma coisa não impede a outra. E os treinadores de judo do distrito responderam sem hesitar à convocatória para uma ação de formação que teve por temas Nage Waza/Katame Waza.

Manuel Francisquinho representante da CAG/Kata da associação distrital orientou a sessão de estudo e de formação prática. O objetivo destas iniciativas que se realizam no quadro do plano de formação consiste antes de mais em reforçar a qualidade do judo ensinado do distrito. Neste caso concreto tratou-se da padronização de técnicas implicando uma abordagem teórica e prática que implicou uma especial concentração e esforço de aprendizagem por parte dos treinadores participantes.

“O meu sábado de carnaval foi assim com muito estudo sobre Gokyo” assim reagiu Katia Sombra a esta jornada que preparou mais para o Gokyo e menos para o corso carnavalesco.

Fotos © AJDS

Please follow and like us:
error
fb-share-icon

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *