26/05/2024

O regresso do Sol Nascente

Maya Honda, Kaito Amano e Komei Kawabata conquistaram o ouro para o Japão na terceira jornada do Mundial de Odivelas

As três categoria de peso disputadas na jornada de hoje, na prova da IJF de juniores que decorre desde quarta-feira em Portugal, -81 kg e -90 kg na vertente masculina e -70 kg na feminina, não alteraram o sentido geral da performance dos atletas lusos que se mantêm discretos, apesar de pequenos sucessos parciais.

Japoneses regressaram às medalhas de ouro | Foto IJf © Gabriela Sabau

Tais Pina [-70 kg] que venceu o seu primeiro combate com grande segurança, contra a australiana Saya Middleton, não conseguiu ultrapassar a austríaca Elena Dengg na fase seguinte e terminou a prova mais cedo do que se esperava. O mesmo aconteceu com Diogo Luís [-90 kg] que começou bem ao vencer o seu adversário cipriota na primeira eliminatória mas não teve capacidade para resistir ao judo atlético e agressivo do egípcio Omar Elramly.

Nas contas da jornada um segundo 100% Japão que arrecadou também uma medalha de bronze [Isawa -81 kg] a par das três de ouro que estiveram em disputa. Espanha conquistou a sua primeira medalha (de bronze) e países com um judo forte como a Alemanha, a Grã-Bretanha, a República da Coreia, a Mongólia e o Canada ainda não registaram qualquer presença no pódio.

Amanhã a jornada está reservada para as categorias de peso mais elevadas.

O público tem estado presente em Odivelas e apoiado os atletas que combatem

SOBRE O AUTOR | Editor

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *