16/06/2024

Judo com alegria é marca do Caminho da Suavidade

União das Freguesias de Sintra apoia projeto promovido pelo Sport União Sintrense

Para Paulo Parracho, Presidente da União das Freguesias de Sintra, a iniciativa lançada recentemente pelo clube de judo liderado por Renato Kobayashi está a ser um sucesso. “Há pouco tempo fui assistir a uma aula e confesso que fiquei muito entusiasmado. Havia alegria e boa disposição entre todos os participantes, uns mais novos outros mais idosos, mas todos satisfeitos com a experiência que estão a viver no projeto Caminho da Suavidade” adiantou-nos o autarca sintrense.

Alunos da Universidade Sénior de Sintra contactam com os rituais do judo

Um projeto com consistência técnica

A engenharia do projeto assenta em bases técnicas que remetem para o estudo das quedas, das movimentações flexíveis no tapete, dos processos de autonomia, da independência funcional, da gestão das relações socio afetivas e de várias outras componentes que procuram combinar exercício físico, prevenção, defesa pessoal e bem estar. No essencial estamos perante uma construção orientada para setores mais envelhecidos da população que podem encontrar no desporto, e neste caso concreto no judo, uma nova base para estruturar uma relação mais dinâmica com o próprio corpo e recuperarem relações sociais tendencialmente em perda.

“No lançamento do projeto surgiu a ideia de inserir as atividades do Caminho da Suavidade como uma disciplina no programa da Universidade Sénior de Sintra. Duas turmas estão envolvidas e os alunos depois de terminarem o treino vão para uma aula de inglês. E, repito, há sempre muita alegria. Torna-se particularmente estimulante vê-los, cada um com o seu quimono, a treinar técnicas que até aparentam alguma complexidade” resumiu-nos Paulo Parracho a avaliação que está a realizar, como autarca e como observador atento.

Renato Kobayashi no Sport União Sintrense com os alunos da Actis

Optimizar os equipamentos desportivos

As aulas são dinamizadas direta e pessoalmente pelo Renato Kobayashi que construíu com esta iniciativa uma ponte particularmente valiosa entre o clube de judo e a comunidade local já que a mais-valia do projeto é reconhecida por todos. Com esta iniciativa abrem-se ainda portas para uma utilização das instalações desportivas, no caso as do SUS, que representa uma optimização dos equipamentos existentes que podem ser melhor ocupados durante o dia.

“Vê-se que o Renato Kobayashi agarrou o projeto com alma e coração. É sempre ele a dar as aulas e os alunos ficam muito motivados com esse facto. Sentem-se valorizados por não terem sido entregues a um ou dois treinadores juniores. A boa assiduidade também se deve a esse fator. Mas o mais importante é mesmo o próprio projeto ir ao encontro das necessidades de quem nele participa” adiantou-nos ainda o Presidente da União das Freguesias de Sintra que valorizou a parceria com o Sport União Sintrense-judo e com a ACTIS-Universidade Sénior de Sintra neste projeto experimental.

A ACTIS – Associação Cultural da Terceira Idade de Sintra – Universidade Sénior, teve a sua génese a 18 de Novembro de 1991, na Portela de Sintra e a 𝐃𝐞𝐥𝐞𝐠𝐚çã𝐨 𝐝𝐚 𝐔𝐧𝐢ã𝐨 𝐝𝐚𝐬 𝐅𝐫𝐞𝐠𝐮𝐞𝐬𝐢𝐚𝐬 𝐝𝐞 𝐒𝐢𝐧𝐭𝐫𝐚 𝐩𝐚𝐬𝐬ou 𝐚 𝐟𝐮𝐧𝐜𝐢𝐨𝐧𝐚𝐫 𝐧𝐨 𝐏𝐚𝐥á𝐜𝐢𝐨 𝐕𝐚𝐥𝐞𝐧ç𝐚𝐬.

SOBRE O AUTOR | Editor

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *