16/06/2024

Aconteceu em Zagreb [1]

Conferência sobre a relação entre o desporto e a criança contou com participações institucionais relevantes

O envolvimento de ministérios, da Federação Internacional de Judo e da União Europeia de Judo confere ao evento realizado na capital croata no dia 26 de abril uma importância particularmente relevante e estabelece um elevado grau de responsabilidade face às conclusões que os debates terão coconstruído a par das intervenções de peritos e de dinamizadores de projetos relacionados com o Desporto e a Criança.

Conferência em Zagreb sobre O Desporto e a Criança

Nuno Delgado

Trata-se de uma área temática que tem vindo a ganhar uma nova dimensão pedagógica e programática que os portugueses associam antes de mais à figura pública do judo, e do desporto em geral, que é Nuno Delgado. No fundo a questão que se coloca é saber qual poderá ser o contributo do desporto e do judo de forma mais específica na estruturação de processos de desenvolvimento social que envolvam diretamente os mais jovens, sobretudo aqueles que se encontram em formação ou autoformação. Entende-se aqui o desenvolvimento social como um quadro amplo que integra a educação, o desenvolvimento pessoal, a cultura, a identidade e a cidadania.

Tem sido particularmente intensa a abordagem realizada no campo específico do desenvolvimento pessoal, daí terem surgido nas mensagens mobilizadoras de Nuno Delgado e agora da UEJ a ideia-força dos Campeões para a Vida. Importa agora saber se a conferência aprofundou o tema nos diversos domínios que estão patentes e se ela abriu novas portas para a reflexão coletiva.

A conferência

A FIJ divulgou alguns apontamentos sobre a conferência tendo colocado ênfase na intervenção do Presidente daquele organismo internacional tendo adiantado que “A conferência Crianças no Desporto – Campeões na Vida teve lugar hoje na capital croata, Zagreb. Organizada em colaboração com o Ministério do Turismo e Desporto da República da Croácia e a União Europeia de Judo, a conferência teve como objetivo facilitar as discussões sobre os benefícios do desporto para crianças e jovens, bem como as vantagens sociais mais amplas dos eventos desportivos”.

As palavras de Marius Vizer, presidente da FIJ, foram destacadas pela abordagem histórica que o dirigente desenvolveu “Desde o início da Covid e dos conflitos globais, tornámo-nos numa das federações mais unidas, sem discriminação baseada na guerra, religião, tradições ou culturas. Somos uma família, unida pelos princípios do nosso desporto. Através de programas como o Judo Nas escolas e em outros programas para jovens, investimos significativamente. Embora as medalhas no judo sejam importantes, é mais importante construir campeões para a vida, indivíduos bem-sucedidos que possam perseverar nos desafios da vida.”

Vizer salientou que ” o desporto não significa apenas melhorar a saúde; trata-se também da unidade e do orgulho nacional. Serve como um motor que mantém e promove o espírito patriótico nos países. A melhor expressão disso é quando os atletas sobem ao pódio e o hino nacional é tocado; é um momento marcante que toca os nossos corações, independentemente de onde estejamos ou da profissão a que pertençamos, despertando o nosso espírito nacional.”

VÍDEO – FIJ

Fonte : FIJ

SOBRE O AUTOR | Editor

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *