19/07/2024

Maria Siderot vai à procura do bronze no Cazaquistão

Grand Slam em Astana está a correr bem à atleta do Sporting Clube de Portugal

Larissa Pimenta do Brasil, atleta bem conhecida dos judocas portugueses, resistiu bem à linha ofensiva que Maria Siderot imprimiu no combate dos quartos-de-final e já foi no Golden Score que a terceira penalização impediu Maria Siderot de disputar a meia-final, tendo sido remetida para a repescagem. O makikomi de Siderot tem revelado menos eficácia do que é habitual, com pegas pouco seguras, mas os ataques da atleta lusa colocam, na maior parte das vezes, as adversárias em risco.

No combate contra a atleta polaca Kaleta, na repescagem, foi o inverso que aconteceu e Maria Siderot beneficiou da terceira penalização que o árbitro apontou à competidora da Polónia, já no Golden Score. No bloco das finais a adversária de Maria Siderot na disputa do bronze será a chinesa Zhu que perdeu na meia-final contra a atleta de Israel Primo.

Maria Siderot batalhou com muita persistência para aceder ao bloco das finais

SOBRE O AUTOR | Editor

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *