16/06/2024

Judo Clube de Ponta Delgada lança petição

VIDA DOS CLUBES – Apoio público à ampliação das instalações no Parlamento Regional

Os esforços dos dirigentes do Judo Clube de Ponta Delgada para que as instalações desportivas do clube açoriano sejam melhoradas através de uma ampliação estrutural não se ficam pelos pedidos ou comunicações com os organismos que podem decidir sobre os apoios que, no caso, são de facto indispensáveis.

O investimento previsto para dar corpo ao projeto de arquitetura e de especialidades ronda 1 milhão de euros. Trata-se de uma iniciativa que ultrapassa a mera ampliação de área e que no fundo se propõe remodelar globalmente as instalações. O objetivo do JCPD é captar um apoio financeiro de cerca de 900.000€ prevendo que a Região Autónoma possa assegurar 60% e o município outros 30%. Na partilha de responsabilidades o próprio clube assumirá uma comparticipação de 100.000€.

Estamos assim perante uma decisão sobre verbas do erário público cuja avaliação remete para os critérios dos decisores neste tipo de investimento, nomeadamente aquele que determina perante a escassez a prioridade de investimentos nas equipamentos públicos ou nos privados.

No caso do desporto, assim como em muitos equipamentos da área social, apesar do estatuto privado dos promotores, o serviço que é prestado surge como “serviço à comunidade” atendendo ao valor social e principalmente de saúde pública que o desporto assegura de uma forma geral.

Assim o JCPD não baixou os braços perante as sucessivas dificuldades que têm surgido neste empreendimento, optou por colocar o assunto como sendo de interesse regional e pretende que ele seja debatido pelos deputados da Região. Em apoio a esta ideia lançou uma petição pública que já obteve um número significativo de assinaturas “decorridos que são 4 dias desde que esta foi colocada online, .o objetivo das 300 assinaturas para viabilizar a sua entrega na Assembleia Regional da Região Autónoma dos Açores foi alcançado. Temos mais de 500 peticionários á data” informou recentemente a direção do clube.

*A petição em causa é supra partidária, embora a sua materialização dependa da decisão do poder politico. Na exposição realizada dizemos claramente o que pretendemos e fazemos valer argumentos em favor da iniciativa do JCPD” adiantam os promotores da petição que são acompanhados por alguns praticantes da modalidade com elevada experiência  e até graduações tidas por particularmente relevantes.

“Este sonho acalentado há mais de uma década está por concretizar. É para que o sonho se materialize que esta petição veio à luz do dia. Temos consciência de que a nossa petição ficará em lista de espera para ser apreciada mas queremos demonstrar o reconhecimento, pela sociedade civil, do contributo que o JCPD dá aos Açores em geral e em particular a São Miguel e a Ponta Delgada. Para cumprir com este desiderato queremos ir muito para além das 300 assinaturas exigidas. Assim apelamos a todos os que se revêem na nossa petição que a assinem e a partilhem”.

A Petição já está disponível online. VER AQUI

Assembleia Legislativa da RAA também promove o Parlamento dos Jovens

SOBRE O AUTOR | Editor

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *