16/06/2024

Uma jornada com muitas surpresas nos -70 kg

Tudo está mais claro, sem que tudo tenha ficado clarificado

Margaux-Pinot [FRA] é campeã do mundo em -70 kg, venceu categoricamente Marie-Eve Gahie [FRA] na final, mas não vai estar nos Jogos Olímpicos de Paris 2024. O modelo francês de seleção para os Jogos revela estas tensões entre as estratégias de marketing das nomeações prévias e os resultados até ao último minuto obtidos no tapete.

Margaux-Pinot [FRA], campeã do mundo não irá aos Jogos olímpicos

De qualquer forma importa sinalizar a supremacia dos gauleses nesta categoria de peso feminina que colocaram duas atletas na situação de disputa do título mundial. Margaux venceu Tanaka [JPN] nos quartos-de-final e a partir desse resultado da francesa tudo era permitido em termos de expectativas.

A jovem belga Gabriella Willems surpreendeu tudo e todos ao ter acedido à meia-final e somado pontos que a colocam na qualificação direta para Paris. Baralhou todas as contas na quota continental e remeteu a israelita Maya Goshen para esta zona complementar do processo de apuramento para os Jogos.

Tais Pina venceu bem o seu primeiro combate contra a sua adversária marroquina mas não conseguiu resistir à também jovem polaca Sobierajska que apresentou um judo ofensivo e que nunca deixou espaço à atleta portuguesa para as suas combinações a partir do o-uchi-gari baixo que executa com grande eficácia. Tais precisava de mais uns pontos para aspirar a outros voos, ao atingir apenas a segunda eliminatória deixa espaço pata João Fernando na quota complementar e fica na zona da quota de reafetação.

Com a colaboração de Paulo Esteves | Foto ©IJF

SOBRE O AUTOR | Editor

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *