16/06/2024

Veteranos portugueses conquistam medalhas em Sarajevo

Nuno António e Catarina Diniz revalidaram títulos de campeões europeus

Uma vitória por wazari foi suficiente para o treinador e atleta veterano dos Salesianos de Lisboa revalidar o título de campeão europeu de veteranos. Nuno António continua assim no topo desta vertente do judo a nível europeu e mundial depois de derrotar Loffi Khalfi [FRA] na final.

Eduardo Garcia e Nuno António em Sarajevo

Catarina Diniz, em F5 -57 kg, contou com duas adversárias, Lena Sterea da Roménia e Jaroslava Zhaorova da República Checa que venceu por ippon tendo saído vencedora da poule e consequentemente conquistado o título de Campeã da Europa.

António Boloto em M4 -100 kg teve uma prova muito exigente numa categoria de peso conhecida pela competitividade dos atletas participantes. Ultrapassou dois adversários, um da Bósnia Herzegovina Agovic e outro de Espanha, Cordero de La Rosa, para chegar à meia-final. Nesta fase decisiva venceu Martiner da Chéquia e acedeu à final na qual teve por opositor o atleta azeri Huseynov que acabou por subir ao primeiro lugar do pódio. António Boloto, por sua vez, conquistou uma medalha de prata muito suada que o fez regressar aos lugares cimeiros do judo europeu de veteranos.

Eduardo Garcia e Eric Domingues, ainda na primeira jornada da prova de Sarajevo, conquistaram medalhas de bronze em -66 kg [M7 e M3]. Carolina Costa também subiu ao pódio em F4 – 52kg.

Registe-se ainda as posições de 5º lugar de Joaquim Guerreiro, de Luísa Garcia e de Rosário Luwawa.

Catarina Diniz e Carolina Costa à esquerda e à direita António Boloto

Eric Domingues

O treinador e atleta do Grupo Desportivo de Santo Amaro [Leiria] que conquistou o bronze declarou nas redes sociais.

“A seguir a um título mundial… foi bom, mas deveria ter sido melhor… não geri bem a meia final, estive a vencer e errei na tática que me fez perder a possibilidade de mais uma final e possibilidade de mais um título.
No combate de atribuição da medalha de bronze, corrigi e consegui alcançar mais um lugar no pódio.
Claramente não estava na melhor forma, porque tive de perder bastante peso, mas a falta disso, foi na raça que e crença que consegui vencer.
Obrigado a todos pelo apoio! Um grande obrigado a toda a comitiva portuguesa que apoiou e ao treinador Joaquim Guerreiro que me acompanhou na cadeira mais uma vez! Mais uma que vai para o nosso país e para a região de Leiria!”.

Fotos © dos clubes e atletas citados
.

SOBRE O AUTOR | Editor

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *