19/07/2024

Aos 2 minutos Adamian voou

Patrícia Sampaio ficou de fora do bloco das finais

Que o percurso de Patrícia Sampaio tivesse sido interrompido por Malonga (FRA), que venceu a atleta tomarense com um categórico ippon obtido através do seu o-uchi-gari alto, não terá sido algo de muito surpreendente. Patrícia esteve bem em toda a fase das eliminatórias, dominadora apesar de menos eficaz que o habitual, mas na repescagem contra Reid foi surpreendida pela atleta britânica na nova nova zona de risco do judo moderno, a área híbrida da relação chão-pé. O wazari obtido por Reid foi pouco convincente, mas foi suficiente para afastar a atleta lusa da disputa do bronze.

Jorge Fonseca conquistou um lugar na final dos -100 kg tendo ultrapassado o atual campeão do mundo Arman Adamian, russo qui combate com o dossard AIN. Prudente, Adamian foi procurando soluções no chão e esteve sempre atento aos ataques de Fonseca em sode e seoi-nage. Mas o dia de hoje estava reservado para Fonseca regressar entre os grandes com pompa e circunstância. Depois de dominar Korrel (NED) com muita segurança nos quartos-de-final, Fonseca projetou Adamian com ataque fulminante que o atleta russo não conseguiu antecipar. O beijo de Jorge Fonseca na cabeça de Adamian quando este ainda se encontrava em posição semi-ajoelhada e a interiorizar o que tinha acabado de acontecer, para além da habitual gentileza de Jorge, pareceu dizer ao rei que o anterior governante estava de regresso ao território.

Na final, o atleta do SCP terá por opositor o canadiano Elnahas que venceu o brasileiro Leonardo Gonçalves na outra meia-final.

Fonseca contra Korrel (NED) nos quartos-de-final

SOBRE O AUTOR | Editor

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *