INTERNACIONAL | Sucy Judo vence nacional de equipas em França

JUDO Magazine | 4 outubro 2020 | Campeonato de França por Equipas 1ª Divisão | Com a participação de 70 equipas a prova rainha do calendário da Federação Francesa de Judo e Disciplinas Associadas de confrontação coletiva realizou-se em Brest e teve um desfecho sem surpresas já que neste primeiro dia reservado aos atletas homens, o campeão em título renovou o estatuto por mais uma temporada.

Vencedora do PSG Judo e do FLAM 91, a equipa do Sucy Judo conquistou o seu terceiro título nacional, derrotando na final o SGS Judo. Importa referir que o confronto contra a equipe de S. Geneviève des Bois arrancou da pior maneira para o futuro campeão já que as as duas primeiras vitórias foram da equipa orientada por Celso Martins.

Celso Martins

Celso Martins que foi também o treinador de Leandra Freitas (-52kg), a judoca que treinou em Sainte-Geneviève-des-Bois mas que competiu com as cores da seleção portuguesa e está agora a desempenhar funções na Comissão das Crianças da FIJ – Federação Internacional de Judo, deixou Mortágua, no distrito de Viseu, aos 10 anos, em 1972, para ir ter com o pai a França, numa viagem clandestina, mais conhecida pelo Salto.

Em França, Celso Martins começou a praticar judo aos 17 anos e por nunca ter pedido a nacionalidade francesa foi-lhe vedado o acesso à competição no campeonato francês da primeira divisão.

Celso Martins com a equipa de SGS

Académica de Coimbra como refúgio

Nessas condições inscreveu-se na Académica de Coimbra, em Portugal, ainda que tenha continuado a treinar em França.

Entre 2000 e 2008 integrou a direção da Federação Francesa de Judo e, depois, criou a própria empresa de organização de campeonatos nacionais e internacionais de judo, a CS+, sendo responsável, nomeadamente, pelo Grand Slam de Judo de Paris

Celso Martins com Leandra Freitas

Fontes . l´Esprit du Judo e Bom Dia Europa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *