19/07/2024

Tais, Guilherme e Otari saltaram o Muro de Berlim

Taça europeia de juniores na Alemanha

Foram dois dias de competição na capital da Alemanha que proporcionaram aos juniores de 3 continentes mais uma etapa de preparação para o Campeonato do Mundo que se realizará em Portugal no próximo mês de outubro.

Tais Pina conquistou a medalha de ouro em Berlim na categoria de peso de -70 kg

Portugal conquistou três medalhas no torneio germânico, ouro para Tais Pina em -70 kg, prata para Guilherme Silva em -100 kg e bronze para Otari Kvantidze na categoria de peso de -73 kg.

Tais Pina confirma, prova após prova, a sua posição de destaque numa categoria de peso que já contou com Bárbara Timo nos seniores, aliás com resultados ao mais alto nível do pódio, mas que agora encontra-se em disputa entre a excelente Joana Crisóstomo e a atleta do Algés e Dafundo que está a emergir nas provas internacionais.

A medalha de Tais foi conquistada depois de ultrapassar na final uma atleta israelita, Adelina Novitski, por sinal a terceira opositora com origem em Israel.

Guilherme Silva atingiu uma final num torneio internacional com participação transcontinental. Trata-se de uma verdadeira proeza para o júnior do Gonçalvinhense que ultrapassou adversários do Cazaquistão e da Alemanha, até chegar à final contra o atleta romeno Bogdan Petre. Na meia-final quando estava a perder por wazari contra germânico Kappelmeier, com um surpreendente harai-goshi à esquerda projetou de forma oportuna o atleta alemão e conseguiu aceder à final. Neste combate decisivo o seu opositor, com um osoto-otoshi bem planeado e executado, venceu Guilherme Silva em menos de um minuto de combate.

Otari Kvantidze depois de eliminar o seu primeiro adversário alemão foi ultrapassado pelo atleta do Azerbaijão que viria a vencer a prova. O atleta português, que combate na categoria de peso de -73 kg, acabou por realizar um autêntico périplo na repescagem na qual teve que ultrapassar sucessivamente atletas da Alemanha, da Bélgica e da Ucrânia até à disputa do bronze, contra Palev da Bulgária, que derrotou de forma categórica.

Uma jornada com medalhas para o judo português num escalão de importância fundamental para construir o grupo de atletas que irá suceder ao atual núcleo de olímpicos e de competidores de elevado nível no plano internacional.

© Photographer: Steigmann Stephan

SOBRE O AUTOR | Editor

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *