16/06/2024

Sanda Corak antecipa Zagreb 2023

O mais importante para nós é que as nossas atletas sejam grandes modelos para os jovens e para a população em geral

Sanda Corak (CRO) – Grand Prix Zagreb (2016, CRO) – © Carlos Ferreira CJF, Croatian Judo Federation

ENTREVISTA JM | Sanda Corak, Presidente da Federação Croata de Judo, antecipou o Grand Prix de Zagreb 2023 para o JUDO MAGAZINE dando nota não apenas que a prova é muito importante no plano desportivo mas ainda que a sua realização contribui para o crescimento do judo no país e para captar apoios para a participação dos atletas croatas nas provas internacionais.

1 – O Grand Prix de Zagreb em meados de agosto, em plenas férias e depois do Masters de Budapeste, com 569 inscritos e 88 países, já pode ser considerado um sucesso?

Temos um crescimento constante de ano para ano. Nós (CJF- Federação Croata de Judo) tivemos o primeiro Grand Prix da IJF em 2013, mas na verdade este projeto começou em 2005. Sim, estamos satisfeitos com o crescimento do número de competidores, mas a qualidade deles também é importante para nós. Em geral, pensamos que todos os torneios na Croácia são um grande sucesso, considerando que os nossos competidores têm a oportunidade de lutar diante de seus espectadores com os melhores competidores do mundo.


Também é importante dizer que cada competição do Grand Prix está a contribuir para a popularidade geral do judo na Croácia, o que é extremamente importante para nós, já que a Croácia é conhecida pelos seus atletas que têm sucesso em muitos desportos.

Sanda Corak, Presidente da FCJ

COMPETIÇÕES INTERNACIONAIS

E claro, as competições internacionais são uma importante ferramenta de divulgação para os patrocinadores, e para desenvolver muitas atividades no Circuito Mundial de Judo precisamos de patrocinadores que nos apoiem..

2 – As expectativas de medalhas para a Croácia são principalmente no setor feminino (Bárbara Matic, Lara Cvjetko, Iva Oberan, Tina Radic). Houve impacto na feminilização do judo no país – novas praticantes – por via desia marca feminina nos resultados croatas?

Sim, os resultados das nossas raparigas são excepcionais. Apesar de verificarmos um aumento no número de competidores femininas, atendendo ao facto da nossa população na Croácia, que é de 3,8 milhões de habitantes, consideramos não ser ainda um número que nos satisfaça. No entanto, o mais importante para nós é que as nossas atletas sejam grandes modelos para os jovens e para a população em geral.

Espera-se que o sucesso internacional das nossas judocas-competidoras motive mais raparigas a começarem a praticar judo, pelo que esperamos que o mesmo aconteça com os primeiros resultados importantes masculinos. Porém, analisando um pouco mais a fundo, podemos perceber que as raparigas, principalmente na adolescência, se dedicam mais aos treinos regulares que os rapazes – isso é algo que vale a pena explorar.

SANDA CORAK

Nascida Sanda Crnkovic foi 10 vezes campeã da Jugoslávia. Atual Presidente da Federação Croata de Judo. Sob a sua orientação, a Croácia organizou o Campeonato Europeu e o Grand Prix em Rijeka e Zagreb. Filha de uma estrela do futebol do Dínamo de Zagreb Tomislav Crnković.

As atletas croatas têm obtido excelentes resultados no plano internacional

SOBRE O AUTOR | Editor

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *