19/07/2024

A matriosca vianense

Equipa-Portugal, veteranos dão o exemplo na Eslovénia

Vianenses espalharam sorrisos na Eslovénia

Os veteranos não se calam. E têm mil razões para lançar vozes ao alto. Conquistam medalhas, constroem redes de solidariedade contra o sectarismo venenoso, promovem a alegria e a amizade e estabelecem pontes entre praticantes da modalidade no país e na Europa.

Depois de António Boloto nos relatar as suas conquistas e aventuras em terras eslovenas desta vez é Joaquim Guerreiro, uma referência no Judo Veterano pela sua persistência e dedicação ao judo de competição praticado por atletas com idades mais avançadas, que nos envolve numa história que começa em Viana do Castelo, Cidade Europeia do Desporto, como o treinador da JUVIANA nos recorda na sua narrativa cheia de acontecimentos e emoções. JM

por Joaquim Guerreiro

A decisão 

O Judo Clube de Viana do Castelo-Juviana, desafiou os seus atletas a participarem no Campeonato da Europa de Judo Veteranos, que decorreu entre 8 e 11 de junho em Podcetrtrek na Eslovénia, no ano em que Viana do Castelo é Cidade Europeia do Desporto.

Após a necessária reflexão, já que a participação na prova envolvia deslocações e ausência de 6 a 11 de junho, custos de natureza financeira e familiar, além de compromisso com preparação física, técnica, tática e estratégia. Três treinadores do clube dispuseram-se a participar. 

O treinador Joaquim Guerreiro, queria festejar os 20 anos da sua participação no I Campeonato da Europa de Veteranos de Judo, que decorreu na Hungria no ano de 2003, aliás tal qual o treinador dos Salesianos, Eduardo Garcia, que também partiu da mesma ideia.

Já o Alexandre Morgado festejava os 10 da sua primeira participação num Campeonato da Europa, o de Paris que ocorreu em 2013. Nessa edição assistimos à conquista pelo Luis Paz do título de Campeão Europeu. 

Quanto à Luísa Garcia, ela quer mesmo é adquirir mais experiência e conhecer vivências novas. 

A Alquimia 

Perante esta decisão foi necessário distribuir tarefas, desde as logísticas, transportes, acomodação e outras. Mas também transformar e capacitar os nossos atletas com a forma física técnica e tática para corresponder aos altos desafios que iriam defrontar. Apesar da heterogeinade de um pequeno clube, cada um dos nossos atletas transcendeu-se no sentido de permitir aos nossos participantes de se superarem e adqurirem a forma global mais alta possível. 

É verdade que pensam que excluem o nosso clube de actividades competitivas e outras, no entanto esquecem que a única exclusão é a deles próprios, e que a responsabilidade é tanto do autor como dos que a seguem e cumprem. No mínimo reflete a falta de valores e é motivo também, no mínimo, de censura social.

Não obstante, temos a capacidade, as ferramentas e as competências para prosseguir o caminho que escolhemos, pela verdade, trabalho, empenho e princípios, entre eles a inclusão e a transparência.

O princípio Matriosca

Assim, chegada a hora, embarcámos no sonho colectivo da equipa Juviana. A equipa que participaria no Campeonato Europeu apresentaria os seus objetivos e desejos, quer colectivos quer individuais, mas estes rapidamente misturavam-se e já eram um só: projetar Portugal, Viana do Castelo, o Judo Clube de Viana do Castelo e todos os nossos judocas.

Chegados a Podcetrtrek, encontrámos logo os nossos amigos Salesianos e logo ali passámos a fazer parte de uma nova equipa-Portugal. 

A criação de uma rede comunicacional, a partilha de informação, de experiências, de vivências, de dicas, bem como a representação de todos pelo Nuno António na acreditação, mostrava um patamar superior de organização, deixámos de ser quatro para passarmos a ser onze, com a mais-valia que isso representava, no apoio logístico, no apoio técnico, no apoio gritado e de incentivo antes, durante e após os combates.

Resultados

O resultado para Portugal foi excelente, 8.°Lugar, entre 37 Países e com só 9 atletas a pontuar, honra seja feita à equipa dos Salesianos que com as suas 4 medalhas de ouro, ainda para mais paritárias, foi decisiva para o lugar obtido.

Para o Judo Clube de Viana do Castelo-Juviana foi um dos seus melhores resultados, já que o treinador Joaquim Guerreiro, vencendo a luta dos quartos e a da semi-final, respectivamente a um atleta Francês e a um Esloveno, se apurou logo para a final que viria a perder para um atleta Croata e já multimedalhado em Campeonatos da Europa e do Mundo.

Medalha de prata para Joaquim Guerreiro na Eslovénia

Alexandre O sétimo

No segundo dia foi a vez do Alexandre Morgado, que iniciou a sua competição contra um atleta Belga e malgrado uma boa prestação, acabou por ser vencido. Repescado, enfrentou um atleta checo e desta feita não deixou fugir a vitória por ippon. Já no combate seguinte com um atleta Moldavo, e num combate intenso, acabou por ser vencido e quedar num excelente 7.°lugar, entre quase duas dezenas de atletas.

Luísa batalhou muito

No terceiro dia combateu a nossa Luísa Garcia, que no seu primeiro combate teve que defrontar uma atleta belga que levou de vencida, pela pontuação máxima. Nos quartos de final defrontou uma atleta de San Marino, que viria a sagrar-se Campeã Europeia, e que não permitiu veleidades e concluiu o combate por ippon. Na luta pela medalha de bronze, a Luísa enfrentou uma italiana, num combate intenso, interminável (durou cerca de 5′ e 30″) e equilibrado, no fim a atleta italiana conseguiu “in extremis” pontuar e relegou a nossa esforçada atleta para um excelente e meritório 5.°Lugar.

A Festa

Após o último dia de competição fizemos um jantar de mútuo agradecimento e de parabenização de todos pela participação fantástica e pelo apoio incondicional de todos.

Epílogo 

A prestação do Juviana foi extraordinária, para um pequeno clube de enorme alma e enche-nos o coração podermos contribuir para o êxito de Viana do Castelo – Cidade Europeia do Desporto, retribuir aos nossos atletas e parceiros de sempre o apoio incondicional e nos ajudarem a sonhar e a coconstruir um caminho de sucesso.

Obrigado. Bem hajam.

Fotos cedidas graciosamente por Joaquim Guerreiro

SOBRE O AUTOR | Editor

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *