21/05/2024

Urska Zolnir Jugovar favorável a Festivais de Judo nos diversos países europeus

ENTREVISTA – Modelo dos Campeonatos da Europa de cadetes deve manter-se sem alterações

Urska Zolnir Jugovar em Odivelas, conversou com JM – O Magazine do Judo

A Diretora Desportiva da União Europeia de Judo, presente na apresentação do Campeonato da Europa de Cadetes em Odivelas, reagiu com muito interesse às nossas perguntas sobre o modelo “copy-paste” das provas dos juniores e dos seniores para praticantes tão jovens como são os cadetes, modelo que poderia ter uma estrutura mais flexível, mais convivial e não apenas competitiva. A sua resposta baseada num argumento de natureza desportiva tem todo o sentido e compreende-se.

“O Campeonato da Europa é a prova de topo para este escalão. Os atletas têm muitas competições em vários países, mas aqui é para mostrar o melhor que se tem para dar. Noutras circunstâncias será possível pensar noutros formatos, mas a este nível deve ser a dimensão competitiva que deve prevalecer” adiantou-nos Urska que no entanto nos pareceu bem curiosa sobre o sentido de maior humanização, convívio, partilha entre os jovens, por nós referido.

“Aqui no Europeu os jovens partilham imenso entre eles. Há momentos fora do tapete nos quais eles interagem. Nas refeições, nos intervalos. Há muita interação, mas o foco é o tapete e os combates a realizar” comentou.

À nossa mobilização para a conversa do modelo de Festivais de Judo, como aquele que está a decorrer em Porec, na Croácia, que importa sinalizar está a envolver mais de 1500 judocas em atividade de natureza cultural e desportiva, Urska que é eslovena, vizinha do país balcânico que acolhe a iniciativa, também valorizou este tipo de atividades festivo-desportivas e até expressou a opinião que poderiam ser realizados anualmente em todos os países da Europa, visando a dimensão convivial referida.

“Portugal tem excelentes condições para organizar iniciativas desse tipo. Tem uma excelente equipa de trabalho e há muito entusiasmo no judo português. Porque não pensar nisso?“, concluiu a campeã olímpica de Londres 2012, uma super atleta que assumiu a direção desportiva da UEJ e que percorre os países europeus na promoção do judo.

Festival de Judo em Porec até 21 de junho na Croácia

Fotos © JM

SOBRE O AUTOR | Editor

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *