16/06/2024

Matilde Rodrigues e Gonçalo Noites vão combater pelo ouro na competição de Muaythai dos Jogos Europeus

O dia-a-dia dos Jogos

Fonte COP – Comité Olímpico de Portugal

Matilde Rodrigues e Gonçalo Noites são finalistas na competição de Muaythai em Cracóvia-Malopolska 2023 e combatem esta terça-feira pelo bronze. Marcos Freitas avançou para as meias-finais no quadro de singulares de Ténis de Mesa, tal como o Râguebi Sevens masculino, também no caminho da decisão das medalhas. E Vanessa Marina, do Breaking, passou à fase a eliminar.

A seguir o resumo do dia da Equipa Portugal em Cracóvia-Malopolska 2023.

BADMINTON

Teve esta segunda-feira início a competição de Badminton com Bernardo Atilano a estrear-se na fase de grupos com uma derrota perante o suíço Tobias Kuenzi.

Kuenzi, que é o 144.º do ranking mundial da modalidade, impôs-se em dois ‘sets’, com os parciais de 21-16 e 21-12, num jogo que teve cerca de 40 minutos de duração.

Para completar a fase de grupos e tentar a progressão na prova, Bernardo Atilano, 83.º do ranking, joga amanhã com Karl Kert da Estónia (305.º) e na quarta-feira com o francês Toma Popov, 3.º cabeça-de-série do torneio e 27.º do ranking mundial.

BREAKING

Entrada vitoriosa de Vanessa Marina na competição de Breaking, com direito a passagem aos quartos-de-final da prova.

O parque Strzelecki em Nowy Sacz é o palco da estreia desta modalidade nos Jogos Europeus e a b-girl portuguesa continua o seu percurso de afirmação na elite europeia. Hoje foi dia de fase de grupos, com Vanessa a medir forças com a ucraniana Stefani, a israelita Nadia e a belga Camine. Na primeira ‘battle’ frente a Stefani a vitória foi para a ucraniana, com vantagem nos votos do júri por 3-15, no somatório das duas rondas. Com Nadia o resultado foi uma vitória para cada uma nas duas rondas, mas vantagem nos votos do júri para a portuguesa, por 11-7. E o confronto final com Camine foi o mais conseguido para Vanessa, com vitória nas duas rondas e 15 votos contra 3.

No ordenamento final do grupo D o 2.º lugar permitiu-lhe passar para a ronda de amanhã, com adversária ainda por conhecer.

ESGRIMA

Maria Alvim terminou a sua participação na competição de Esgrima (espada) dos Jogos Europeus Cracóvia-Malopolska 2023, na ronda de 32, o que lhe valeu o 21.º lugar final, sendo a única atleta da Equipa Portugal a atingir a fase das eliminatórias esta segunda-feira.

A atleta da Equipa Portugal conseguiu quatro vitórias na fase de “poules” e apenas perdeu dois assaltos. Os resultados foram os seguintes: Fani Varveri (Grécia) 4-5; Maia Guchmazova (Geórgia) 5-4; Renata Knapik-Miazga (Polónia) 5-3; Sofia Cisneros (Espanha) 2-5; Katarina Knezevic (Sérvia) 5-1; Alexandra Predescu (Roménia) 5-1.

Na ronda de 64, Maria Alvim eliminou a romena Alexandra Pedrescu, vencendo por 13-8, e a seguir perdeu então com a suíça Angeline Favre, da Suíça, na ronda de 32, por 15-8.

Também na arma de espada, Fabiana Bonito foi eliminada na fase de “poules”, terminando no 71.º lugar, depois de uma vitória e cinco derrotas: Emma Poghosova (Arménia) 4-5; Nefeli Rodopoulu (Grécia) 5-4; Sara Calleja (Espanha) 0-5; Arina Korneeva (Geórgia) 4-5; Erika Kirpu (Estónia) 1-5; Bianca Benea (Roménia) 2-5.

Em florete, Luís Macedo também terminou a sua participação na fase de “poules”, classificando-se na 64.ª posição. Somou uma vitória e cinco derrotas: Tobias Reichetzer (Áustria) 3-5; Daniel Rosa (Hungria) 0-5; Nikitas Gherman (Macedónia) 5-3; Axel Zoons (Países Baixosw) 4-5; Veljko Cuk (Sérvia) 3-5; Jan Krejcik (Rep. Checa) 1-5.

MUAYTHAI

Duas finais atingidas na mesma tarde, na competição de Muaythai dos Jogos Europeus Cracóvia-Malopolska 2023, a primeira por Gonçalo Noites (-71 kg) e a segunda por Matilde Rodrigues (-57 kg).

Gonçalo Noites venceu, na meia-final, o polaco Jakub Rajewski, com triunfos nos três “rounds” e decisões unânimes dos juízes, o que lhe deu um agregado final de 30 pontos, contra 27 do adversário. Na decisão da medalha de ouro, o atleta da Equipa Portugal vai enfrentar o ucraniano Oleksandr Yefimenko, às 15h40 de terça-feira.

Matilde Rodrigues enfrentou na meia-final a finlandesa Miina Sirkeoji e conseguiu igualmente vitórias nos três “rounds”, o que também lhe deu um total de 30 pontos, face aos 27 da adversária, embora a decisão nos segundo e terceiro assaltos tenha sido mais apertada, com os juízes mais divididos nas decisões. O combate pela medalha de ouro será frente à sueca Patricia Axling, às 16h25 de amanhã.

PENTATLO MODERNO

Duarte Taleigo terminou a qualificação para as meias-finais de Pentatlo Moderno, nos Jogos Europeus Cracóvia-Malopolska 2023, na 48.ª posição e ficou com o estatuto de reserva.

O atleta da Equipa Portugal foi o 26.º (em 30) no grupo B, com 1130 pontos, na sequência de um 19.º lugar na prova de Natação – cobriu os 200m livres em 2.05,39 – que lhe valeu 300 pontos; um 10.º lugar na Esgrima, fruto de 16 vitórias e 13 derrotas (222 pontos), e o 30.º lugar no Laser Run (corrida e tiro), em que somou mais 608 pontos.

No conjunto das classificações de grupo A e grupo B, Duarte Taleigo foi o 48.º, em 59 participantes, sendo que para as meias-finais se qualificam os primeiros 36 (18 do grupo A+18 do grupo B).

RÂGUEBI Sevens

Estão garantidas as meias-finais do torneio masculino de Râguebi Sevens nos Jogos Europeus Cracóvia-Malopolska 2023! A seleção nacional venceu a Geórgia por 31-5, com o primeiro ensaio seguido de conversão obtido logo aos 30 segundos da primeira parte, sendo que na jogada seguinte se viria a repetir a pontuação para Portugal. Mais um ensaio a finalizar a 1.ª parte deixou o resultado em 26-0 e no segundo período Portugal manteve-se dominante, com a Geórgia a ter dificuldade em progredir no terreno, face à solidez defensiva dos “lobos”.

Frederico de Sousa, treinador da equipa masculina estava satisfeito com a prestação da equipa. “Sabíamos que este era um jogo crucial do torneio, jogámos com as nossas armas, analisámo-los bem e acho que o plano de jogo foi bem concebido e [os jogadores] conseguiram executá-lo e aí foi a diferença”. Para amanhã, no embate das meias-finais frente à Irlanda, Portugal parte com a confiança dada pelos sinais que que vêm de dentro de campo “Estamos a crescer!”.

Durante a manhã, no último do jogo da fase de grupos, Portugal defrontou a Grã-Bretanha, uma das favoritas e que derrotou os portugueses por 31-5. Mesmo assim, Portugal, que somava duas vitórias, ficou no 2.º lugar do grupo C com 7 pontos.

Já a seleção feminina de Râguebi vai disputar amanhã a classificação entre o 5.º e o 8.º lugares. Depois da passagem aos quartos-de-final assegurada esta manhã, no 2.º lugar do grupo B, com 7 pontos, após vitória frente à Turquia (36-5), no jogo da tarde foi derrotada pela Bélgica, por 22-5. Portugal conseguiu segurar o coletivo adversário até cerca dos seis minutos da primeira parte, mas depois de inaugurar o marcador as belgas aumentaram a vantagem e garantiram a vitória.

João Moura, treinador nacional feminino apresentou-se satisfeito com a evolução da equipa e por ter “cumprido o objetivo de estar entre as oito primeiras equipas da competição”. “É interessante olhar para as jogadoras e ver que elas percebem que temos capacidades e que se trabalharmos podemos competir com estas equipas que têm realidades diferentes”, completa. A seleção feminina volta a jogo amanhã, terça-feira, para defrontar a Espanha.

TÉNIS DE MESA

Quatro jogos, quatro vitórias para Marcos Freitas no torneio de singulares masculinos dos Jogos Europeus Cracóvia-Malopolska 2023! O atleta português, 60.º do ranking mundial, venceu nos quartos-de-final o esloveno Darko Jorgic, 14.º, e garantiu um lugar no dia de finais da competição.

Marcos Freitas arrancou a todo o gás, vencendo os três primeiros jogos por 11-9, 11-7 e 11-9, para depois permitir uma aproximação do adversário no quarto ‘set’ com vitória por 8-11, que viria ainda a vencer por 11-13. Na sexta partida o português voltou a mostrar um bom nível, vencendo por 11-4 e garantindo a presença na meia-final de manhã, frente ao francês Alexis Lebrun.

“Sabia que tivesse num bom nível conseguia disputar as rondas e é isso que tem acontecido”, disse Marcos Freitas no final do encontro. “Joguei muito bem os três primeiros sets, acho que ele não jogou tão bem principalmente no serviço e receção. Ele conseguiu melhorar a partir do 3.º set e aí já trouxe mais dificuldades para mim. Sabia que ia ser uma luta, ele é um dos melhores do mundo. Estava preparado para jogar um ponto de cada vez”.

Fu Yu foi eliminada nos quartos-de-final femininos, por Xiaoxin Yan, do Mónaco, por 0-4. “Não consegui estar 100% concentrada no jogo”, admitiu.

TIRO

Finalizadas as duas provas que integram a competição de pistola a 25 metros nos Jogos Europeus Cracóvia-Malopolska 2023, a de precisão e a de rapidez, Joana Castelão obteve o 13.º lugar.

A atiradora portuguesa, que ontem tinha somado 289 pontos na prova de precisão, terminou com um total de 578 pontos, no 13.º lugar e apenas a um ponto da última qualificada para a final.

TIRO COM ARCO

Nuno Carneiro terminou a sua participação na 1.ª ronda da fase a eliminar na competição de Tiro com Arco dos Jogos Europeus Cracóvia-Malopolska 2023.

O arqueiro da Equipa Portugal perdeu a eliminatória na disciplina de recurvo individual frente ao francês Nicolas Bernardi, por 6-2. Bernardi que começou por ganhar o primeiro “set” (três flechas cada um) por 28-25, fazendo 2-0, a seguir dilatou a vantagem para 4-0, com novo triunfo no segundo “set”, por 29-26. Nuno Carneiro reduziu para 2-4, ganhando o terceiro “set” por 28-25, e de seguida o arqueiro francês fechou o encontro em 6-2, com a vitória no quarto “set”, por 30-27. 

Nuno Carneiro fica assim entre os 33.ºs classificados.

Hoje, dia 27, é dia de estreia para as seleções feminina e masculina de Futebol de Praia.

Resultados disponíveis aqui e calendário sa jornada aqui.

SOBRE O AUTOR | Editor

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *