HISTÓRIA(S) DO JUDO | A Cavalgada das Valquírias do judo luso

JUDO MAGAZINE | 22 de fevereiro 2021 | História (s) do judo

As Valquírias, deidades femininas da mitologia nórdica elegiam os mais heróicos guerreiros mortos em batalha e Wagner imortalizou a sua perceção popular através do início do terceiro ato da opera Die Walkure com a “Cavalgada”.

Para alguns a obra musical será apenas o fundo musical da cena dos helicópteros que atacam uma vila vietnamita no filme Apocalypse Now, para outros, a referência aos guerreiros e aos lutadores sem tréguas está bem mais presente. O exercício de revisitar os “saltadores de barreiras” é saudável e consolida campos identitários na modalidade.

Rui Vieira organizou os elementos da “cavalgada do judo em Portugal e a informação sobre os primeiros que conseguiram ultrapassar as barreiras na internacionalização do judo português“, como nos referiu. O autor, que já nos facultou apontamentos de grande qualidade sobre a História do Judo, alertou-nos para a forma espontânea como produziu estes conteúdos, preciosos para todos os judocas, mas que poderão não ter todo o rigor que uma operação deste tipo impõe. Editado CR-Judo Magazine

O que estás a pensar Rui?

Em que estás a pensar, Rui? pergunta o Facebook. Nos campeões que desbravaram o caminho do Judo Português, alcançando feitos inéditos e marcantes para a modalidade:

  • António Correia Pereira, que terá sido o primeiro português a desenvolver a prática do Judo no nosso País, que em 1946 abre o primeiro dojo em Lisboa, com o nome de Academia de Budo / Arlindo Carvalho vencedor do 1 Campeonato Nacional de Judo 1959 Lisboa /
  • Fernando Costa Matos primeira participação Olímpica para o Judo Português e Porta – Estandarte nos Jogos Olímpicos de Tóquio 1964
  • Fernando Almada terceiro classificado (3Cl ) Universíadas 1967 Tóquio
  • Afonso H. Ivens F. Maia Loureiro 1 árbitro internacional da modalidade, tendo arbitrado no Campeonato Europa de Juniores e Esperanças, que decorreu em Lisboa 1967
  • Fernando Almada 3Cl Campeonato da Europa de Juniores 1968 Londres
  • Fernando Almada 3Cl Campeonato do Mundo Universitário 1968 Lisboa
  • Nuno Denis Afonso Ribeiro, 1 cinto negro reconhecido pela Federação Portuguesa de Judo e Maria Margarida Gonçalves a 1 Judoca Portuguesa a ser promovida a cinto negro 1969
  • Teresa Gaspar 1 atleta feminina a participar nos Jogos Olímpicos de Judo em Seul 1988
  • Andreia Cavalleri primeira medalha 3Cl feminina no Festival Olímpico da Juventude Europeia 1991 Bruxelas
  • Filipa Cavalleri que foi Porta-Estandarte nos Jogos Olímpicos de Barcelona, em 1992. Foi a primeira atleta Portuguesa a obter uma medalha num Campeonato da Europa de Juniores 2Cl em 1991 em Pieksamak e 1 medalha 3CL do Judo Português em Campeonatos do Mundo de Seniores 1995 em Mukuhari
  • Michel Almeida 1 medalha Portuguesa no Campeonato do Mundo de Juniores 2Cl 1994 Cairo
  • Justina Pinheiro 1 atleta feminina a alcançar uma medalha no Campeonato da Europa de Seniores 3Cl 1994 Gdansk
  • Pedro Soares 1 atleta masculino Português a conquistar uma medalha no Europeu de Seniores 3Cl Birmingham 1995
  • Guilherme Bentes pela 1 medalha Portuguesa masculina no Campeonato do Mundo Seniores 1997 Paris
  • NUNO DELGADO que foi o primeiro atleta do Judo Português a sagrar-se Campeão Europeu Sénior, em 1999 Bratislava. O primeiro atleta do Judo a conseguir uma medalha Olímpica, em Sydney 2000
  • Joana Cesário 1 atleta feminina Portuguesa a conquistar medalha 3Cl no Campeonato da Europa de Esperanças-Cadetes 2003 Baku
  • Joana Ramos, Ana Monteiro e Ana Cachola sendo as primeiras atletas femininas a conquistarem uma medalha 3Cl no Campeonato da Europa Sub23 Ljubljana 2004
  • Pedro Dias 1 atleta masculino Português a conquistar uma medalha de 3Cl no Campeonato da Europa de Sub23 Ljubljana 2004
  • Eduardo Garcia conquistou a 1 medalha Portuguesa em Campeonatos da Europa de Veteranos na Hungria 2003, sagrando-se Campeão da Europa
  • Nuno Saraiva 1 atleta masculino a conquistar medalha no Campeonato da Europa de Esperanças-Cadetes 3Cl 2010 Teplice
  • João Pina em 2011 torna-se o primeiro Bi-Campeão da Europa Masculino Senior em Istambul
  • Sporting Clube de Portugal é o 1 Clube a conquistar uma medalha 3Cl no Campeonato da Europa de Clubes em 2013 Hoofddorp
  • Luis Paz 1 medalha 3Cl de Portugal em Campeonato do Mundo de Veteranos em 2013 Abu Dhabi
  • Pedro Gonçalves e Paulo Moreira conquistam a 1 medalha Portuguesa 2Cl no Campeonato da Europa de Katas
  • TELMA MONTEIRO pelo seu currículo “extra-terrestre” de 14 medalhas em Campeonatos da Europa e 5 medalhas em Campeonatos do Mundo e a primeira atleta feminina do Judo Português a conseguir uma medalha Olímpica, no Rio de Janeiro 2016
  • Miguel Vieira é o 1 Judoca Português a participar nos Jogos Paralímpicos no Rio de Janeiro 2016
  • Andreia Cavalleri é a 1 atleta feminina a conquistar uma medalha no Campeonato da Europa de Veteranos em Gran Canaria 2019
  • JORGE FONSECA que em 2019 se tornou o 1 Campeão do Mundo Senior Português de Judo em Tóquio 2019.

Se me esqueci de alguém peço desculpas

Autor Rui Vieira fotos © cedidas por Rui Vieira

Responsável departamento Alto Rendimento/Selecções Nacionais e departamento Formação na Federação Portuguesa de Judo 2013-2017 / Performance Director Federação Arábia Saudita de Judo / Conselheiro Técnico Comité Olímpico da Arábia Saudita / Gestor de Projetos Europeus Erasmus + Sport

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *